A igreja Assembleia de Deus do Estado do Amazonas realiza uma cerimônia de batismo comunitário há 10 anos. Todos os anos, um grande número de pessoas decide ser batizada no mesmo local.

Algumas áreas missionárias realizam o batismo de 3 em 3 meses, mas neste sábado (5), cerca de 12 mil fiéis desceram ás águas do Rio Negro, um dos principais do estado. Só na capital Manaus, foram pelo menos 8 mil batismos na praia da Ponta Negra.

A organização do evento dividiu a orla pelas 300 áreas missionárias existentes na cidade. Cada área ficou a cargo do pastor missionário que iria realizar a cerimônia.

Assembleia-Deus-coletivo-Ponta-Negra_ACRIMA20151205_0039_5

O pastor José Bom Ciano da Cruz, um dos muitos que estavam no local, batizou 12 integrantes de sua congregação. Ele conta que cada pessoa precisa passar por uma formação prévia.

“É necessário que nossos irmãos estejam cientes da responsabilidade que é receber o batismo. Por isso, há um período de 6 meses de estudo, dedicação e formação”, explica. São usados dois livros no processo de discipulado. Além disso, a vida da pessoa é acompanhada de perto por um líder.

VEJA TAMBÉM
AD Catedral da Missão em Palmas terá a 1ª Cruzada Evangelística

A vendedora Cristina Nunes de Lima, 27, uma das que se batizou na tarde deste sábado conta que sempre soube a importância de receber o batismo. Contudo, durante anos apenas frequentava. “Este ano resolvi me converter e nada é melhor como iniciar pelo batismo”, comemora.

Com informações de A Crítica

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.