Uma análise prognostica política ministerial para as eleições de 2017 da CGADB.

Santos 04 de Dezembro de 2015.

Em 2012 fiz uma análise prognostica de quem seria o Presidente da CGADB em 2013. Não que eu seja vidente ou profeta do “eis que te digo”. Apenas, profeta daquele que prega no púlpito a maior profecia que é a Bíblia. Claro que ninguém pode se gabar de que amanha fará alguma coisa, exceto com a vontade de Deus na frente.

A eleição da Mesa Diretora da CGADB não pode ser comparada à eleição da OAB ou de Sindicato ao estilo de chapa, como acontece geralmente.  Os interesses pessoais e as vaidades pessoais de líderes no afã de participar da mesa ou apoiar de alguma forma seja acreditando no que é melhor para Igreja ou no que é melhor para seu interesse não sataniza o processo, já que onde está o ser humano haverá esses interesses.

A Assembleia de Deus tem um estilo coronelista de governo formatado não pelos missionários pioneiros suecos, mas…

VEJA TAMBÉM
AGE DA CGADB: Justiça nega pedido de liminar do Pr. Samuel Câmara

Continue lendo no blog do pastor Carlos Roberto: http://www.pointrhema.com.br/2015/12/cgadb-quem-sera-o-proximo-presidente.html

Por Pr. Jesiel Padilha  (Jornalista MTB 0078425/SP Analista Ministerial de Eleições Convencionais, Líder da AD Belém em Santos.)

Foto_Pr._Jesiel_Padilha2

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.