Em novembro o cantor Irmão Lázaro divulgou o vídeo clipe da música “Só Deus”, em ritmo dançante, a canção fala que só Deus pode nos ajudar a solucionar os nossos problemas.

O clipe foi gravado mostrando algumas pessoas contracenando situações cantandas e sendo levadas pelo cantor até o grupo que faz uma coreografia em adoração ao Senhor.

Mas ao postar trecho do vídeo na página do Facebook, Irmão Lázaro recebeu uma série de críticas por conta da coreografia onde pessoas de diversas idades adoram ao Senhor com dança.

Misericórdia, invés do mundo imitar a igreja é a igreja querendo imitar o mundo. Temos que ser diferentes, na minha opinião Deus não se agrada com isso (sic)”, escreveu uma internauta que teve centenas de curtidas em seu comentário.

Críticas como essa se repetem pela postagem do Facebook. “Só Deus Mesmo!! Que mania é essa da igreja querer sempre parecer com o mundo… ‘qual é a diferença aí?? Nem uma!’”, escreveu outra jovem.

VEJA TAMBÉM
Priscilla Alcântara lança clipe de “Tanto Faz”

Quem acompanha esses comentários acredita que a coreografia tem algo de obscenidades, mas não é isso que vemos, pelo contrário, vemos jovens alegres que estão declarando que Deus tem o poder de mudar suas vidas.

A Bíblia mesmo diz que podemos adorá-lo com dança: “Louvai-o com o tamborim e a dança, louvai-o com instrumentos de cordas e com órgãos”. Salmos 150:4

No Salmo 149:3 também temos essa recomendação: “Louvem o seu nome com danças; cantem-lhe o seu louvor com tamborim e harpa”.

Apesar da Bíblia recomendar o louvor com dança, esse assunto ainda gera debates como esse visto no vídeo clipe do Irmão Lázaro. Enquanto muitas igrejas já possuem grupos de dança, outras ainda criticam e pregam que este costume não é bem-vindo na igreja.

Com informações Gospel Prime

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.