Por Mara Nascimento

No próximo dia 14 de dezembro às 18h30 a Rede Evangélica Nacional de Ação Social em parceria com a Convenção Batista do Tocantins – CBT receberão na 206 Sul, Alameda 12, Lote 81 em Palmas-TO as instituições, grupos, associações, igrejas e demais entidades evangélicas que atuam com projetos e ações sociais.

Para participar, os responsáveis pelas instituições devem entrar em contato com Dorothea Luz pelo telefone: 63 8511-6909 ou compareçam no dia da reunião.

A reunião acontecerá em Palmas-TO e deve reunir as instituições que estão atuando na área social e querem fazer parte da Renas - Rede Evangélica Nacional de Ação Social.
A reunião acontecerá em Palmas-TO e deve reunir as instituições que estão atuando na área social e querem fazer parte da Renas – Rede Evangélica Nacional de Ação Social.

O objetivo da reunião é mostrar como as instituições podem trabalhar de forma organizada e em rede, os caminhos para o treinamento de equipes para o trabalho e implantação de ações sociais, com planejamento e objetivos específicos, dentre outros assuntos que são de interesse dessas instituições. “Não só em Palmas, mas em todo o Tocantins as igrejas evangélicas têm a visão do trabalho social. Nosso foco por meio dessas ações é alcançar vidas para o Reino, mas para que isso aconteça de forma eficaz é preciso nos munirmos de informações. As ações sociais podem ser bem mais produtivas e com isso, muitos mais frutos poderão ser colhidos”, declara o pastor Orbásio Almeida, coordenador de Ação Social da Convenção Batista do Tocantins.

VEJA TAMBÉM
Publicações gratuitas ajudam cristão a fazer diferença na sociedade

Projetos

Projetos como Jovens de Valor, Brigada Luz, Café da Amizade, Clínicas Missionárias, Lar Batista F.F. Soren, dentre outros projetos realizadas por várias denominações evangélicas estão em todo o Estado do Tocantins apoiando, agindo e cuidando de pessoas em situação de vulnerabilidade social, além de estarem levando uma palavra de esperança.

A reunião é a oportunidade de serem catalogadas as instituições para ter uma estimativa dessa grande rede, de onde se localizam os projetos e de que forma têm atuado.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.