O STF analisa quais regras vão definir o andamento do processo no Congresso Nacional que pode levar ao afastamento da presidente da República

Após recursos protocolados por partidos da base aliada do governo, o ministro do Supremo e relator do caso, Luiz Edson Fachin determinou a paralisação do processo do impeachment na Câmara até que o STF decida quais devem ser as regras e procedimentos a serem seguidos no processo de impedimento da presidente Dilma Rousseff.

O voto do ministro possui 100 páginas e foi distribuído na tarde de ontem aos seus colegas da corte.

https://www.youtube.com/watch?v=i8oriIHr_5s

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.