Eleva-se a R$ 13,5 milhões os recursos garantidos ao Tocantins neste final de ano pela ministra da Agricultura, senadora Kátia Abreu. Os valores já empenhados no Ministério da Agricultura e no Ministério do Turismo representam parte de um total de R$ 40 milhões que representam 14 projetos viabilizados pela Ministra no ano de 2015 nas cidades de Palmas, Araguaína, Gurupi, Porto Nacional e Paraíso.

Destaque na Capital para os recursos garantidos para as feiras populares da 307 Norte, 304 Sul e a Feira do Jardim Aureny III que serão revitalizadas. A Ministra também conseguiu liberar os recursos necessários para o início da construção da Ceasa na Capital, nos moldes do Ceagesp (São Paulo), fundamental para o fortalecimento da economia da cidade, dos agricultores do cinturão verde de Palmas e do Matopiba. No Ministério do Turismo, a ministra Kátia Abreu conseguiu viabilizar (já empenhados) recursos, também a serem aplicados na Capital, para a construção de uma estrutura de lazer na Praia da Graciosa, na orla do lago da Hidrelétrica Luis Eduardo.

size_810_16_9_katia_abreu

Para Araguaína, a ministra Kátia Abreu viabilizou neste final de ano recursos para serem aplicados na tradicional Feirinha da cidade e para a construção de um parque tecnológico especializado em florestas. Já Gurupi foi beneficiada com empenho para reforma da Feira do Mercado Municipal (Feira da Rua 7) e para um Parque Linear.  O município de Porto Nacional teve empenhados pela Ministra neste final de ano os recursos necessários para a reforma do Mercado Municipal e para melhorias nas estradas vicinais.  Paraíso teve garantidos recursos para estradas vicinais e para distribuição de calcário.

“Foi um final de ano produtivo para o Estado”, salientou a Ministra, antecipando que em 2016 Tocantins será beneficiado com grandes projetos do Ministério da Agricultura. Ela exemplifica com a instalação da Unidade Embrapa Floresta (em parceria com o IBA) em Araguaína, que deve movimentar recursos da ordem de R$ 30 milhões. Em Palmas, será construído o Parque Tecnológico Internacional de Irrigação, com previsão de investimento de R$ 40 milhões (Embrapa/Consórcio ZEM). Ainda em Palmas, tem previsão para inauguração em fevereiro, com a presença da presidente Dilma Roussef, a sede da Embrapa Nacional de Aquicultura e Pesca, um investimento de R$ 93 milhões, dos quais R$ 75 milhões já com pagamentos efetuados.

No Matopiba, a ministra Kátia Abreu destaca a implantação, em 2016, do Centro de Disseminação  Técnica de Agriculta de Precisão, que será entregue em Balsas (Maranhão), o Centro de Disseminação Técnica da Agricultura de Precisão de Bom Jesus (Piauí) e o Centro Tecnológico de Agricultura de Precisão em Luis Eduardo Magalhães (Bahia). A Ministra destaca também a construção da Conab em Gurupi e o projeto Desenvolvimento Territoral e Inovação, na região do Matopiba, para atendimento aos cerca de 20 mil produtores rurais das classes D/E à classe C. O projeto será desenvolvido em parceria com a Universidade de São Paulo (USP). Outro projeto relevante é o Porteira em Porteira, que será feito em conjunto com a Universidade Federal do Tocantins n os quatro Estados que compõem o Matopiba. “Em 2016 temos tudo para mudarmos para melhor a situação dos produtores com reflexo positivos na economia regional e na qualidade de vida da população do nosso Estado”, aposta a Ministra.

Assessoria de Imprensa – MAPA

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.