Da Redação | JM Notícia

Pr. Jonatas Câmara, líder da Convenção do Amazonas - Ceadam
Pr. Jonatas Câmara, líder da Convenção do Amazonas – Ceadam

Por Ev. Sergiano Reis e Presb. Ricardo Costa

Encerrou-se nesta terça-feira, 29, o prazo para as inscrições da 7ª Assembleia Geral Extraordinária (AGE) da Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil (CGADB), que acontecerá na última semana de janeiro de 2016(24, 25 e  26). As inscrições começaram a ser realizadas desde a manhã do dia 01 de dezembro. O evento será realizado no futuro templo-sede da Assembleia de Deus em São Paulo – Ministério do Belém e tem como pauta a reforma e atualização do processo eleitoral da entidade, que deverá eleger nova diretoria e conselho fiscal no ano de 2017.

Desconfianças

Como era de se esperar, a convocação dos ministros filiados a CGADB para mais uma AGE, em véspera de eleições, trouxe consigo também mais um capítulo recheado de divergências entre alguns de seus líderes. Principalmente por causa da pauta da AGE, reforma do sistema eleitoral,  é que muitos destes líderes e obreiros têm mais motivos para se preocuparem com os rumos que a convenção vem tomando, pois estes têm visto nos últimos anos uma verdadeira corrida pelo poder que não difere muito do meio secular, ou seja, a política tradicional.

As pautas negativas envolvendo a convenção não surgiram da noite para o dia, mas sim de uma série de eventos que se sucederam nos últimos tempos no meio de uma organização que representa milhões de evangélicos no país.

Em número de ministros filiados à CGADB, pastor José Wellington afirmou em Fortaleza, durante a realização da 42ª AGO da CGADB,  que a Convenção contabiliza mais de 80 mil pastores filiados a entidade, no entanto, dados extra-oficiais apontam que menos de 4 mil ministros teriam participado da AGO: “A nossa secretaria geral, já contabiliza mais de 80 mil pastores da Assembleia de Deus no Brasil, a nossa convenção é a maior não só em números, mas somos um povo lavado no sangue de Jesus Cristo e ainda temos a chama em nosso coração do pentecostes.

Portais de notícias, assim como o JM Notícia, informam sobre os bastidores da maior convenção assembleiana do país e influentes blogueiros também sempre emitem suas opiniões, contrárias e/ou a favor, dos relevantes fatos que a rodeiam, e nestes últimos dias, com maior frequência.

Assim, como não poderia ser diferente, alguns destes blogueiros falaram sobre o que acham dessa convocação feita aos  pastores e evangelistas filiados à CGADB para mais uma AGE. 

Opiniões

O pastor Carlos Roberto, editor do blog Point Rhema e presidente da Convenção de Ministros das Assembleias de Deus no Estado de São Paulo (Comadespe), comentou queé necessário que tenhamos todo cuidado para não cairmos na tentação dos “achismos”, nem da suposição daquilo que é aparente. Por outro lado, o pastor Robson Aguiar, do blog que leva seu nome, blog Robson Aguiar, foi mais critico e para ele a política na CGADB anda nos mesmos moldes da política secular, em alguns casos até pior e que também essa convocação para a 7ª AGE é uma manobra executada de forma até um tanto maliciosa para facilitar a presença da maioria de convencionais que residem nas terras paulistanas e que são pró-situação.

Pedido de Suspensão

Um exemplo claro dessa preocupação que rodeia muitos arraiais assembleianos foi a decisão tomada pela Convenção Estadual da Assembleia de Deus no Amazonas (CEADAM) que emitiu um ofício endereçado ao pastor José Wellington Bezerra da Costa, presidente da CGADB, sugerindo pela não reforma do Estatuto e do Regimento Interno da convenção, além, também, de pedirem, diante dos fatos, que a AGE seja suspensa.

[…] não é normal essas inúmeras AGE’s e tantas reformas estatutárias e regimentais sem que seja por imposições de ajustes legais, somente por “interesse de quem?”; com certeza não é interesse dos convencionais, os únicos onerados e apenados nessas convocações[…]”, diz certo trecho do ofício.

Assinado pelo pastor presidente, pastor Jônatas Câmara, o ofício apresenta as muitas dificuldades que a realização dessas AGE´s provocam para os ministros que moram no interior dos país e não dispõem de muitos recursos para se deslocarem até São Paulo, local onde normalmente são sempre realizadas, pois “em sua grande maioria, são de baixa e precária renda, sem condições do seu próprio sustento, muito menos, ainda, para atender a tantas convocações, sobretudo de AGE’s”, argumenta.

Sugestões e voto

Após apresentar sua posição pela não realização da AGE, a convenção amazonense sugere, caso persista a AGE e a Reforma, que a data de sua realização seja alterada para um ou dois dias antes da AGO que acontecerá em abril de 2017 e que qualquer alteração feita passe a vigorar somente após a próxima a realização desta.

Pastor Jônatas Câmara sugere ainda, que caso ocorra alguma alteração, que venha a vigorar somente na AGO de 2017.

VEJA TAMBÉM
Pouco menos de 9 mil ministros se inscreveram para AGO que irá eleger o novo presidente da CGADB

“Qualquer alteração feita passe a vigorar somente após a próxima AGO/2017 que tem um rito estatutário e regimental com prestação de relatórios das diretorias com mandato findo, outros, e, quem sabe, será, também, de transição, não sabemos como nem com quem“.

Conclui, afirmando ainda que, caso ocorram as alterações estatutárias, sua posição é pela “estadualização” das eleições, pela “eleição por cargo” e pela votação por “meios eletrônicos oficiais”, mas somente em 2017.

“Favorável à “Eleição por cargo”, como está e tem dado certo, por ser mais democrático, espiritual, bíblico, transparente, respeitoso e da livre vontade do eleitor, o convencional, expressa pelo voto livre”, diz o ofício.

Pastor Jonatas Câmara é irmão do pastor Samuel Câmara (líder da AD em Belém (PA), e do Deputado Federal pelo Estado do Amazonas, Silas Câmara.

No comando

A CGADB, há 27 anos esta sob à presidência do pastor José Wellington Bezerra da Costa, que foi reeleito pela 10ª vez em abril de 2013 para seu último mandato como presidente. Por ocasião da reforma estatutária realizada em 2008, pastor José Wellington Bezerra da Costa, só tem direito à uma reeleição. A próxima AGO, que deverá escolher o presidente e demais membros da diretoria da convenção geral deverá acontecer em abril de 2017.

VEJA TAMBÉM
7ª AGE da CGADB inicia neste domingo (24), em São Paulo

Para lhes suceder à frente da CGADB, pastor José Wellington Bezerra da Costa prepara o filho, pastor José Wellington Costa Júnior para assumir o comando da entidade. Inclusive, Wellington  Júnior tem percorrido o Brasil, como presidente da CPAD participando de AGOs e AGEs, preparando o caminho para a eleição.

Ceadam

O JM Notícia entrou em contato com a secretaria da Ceadam. As primeiras informações fornecidas pelo pastor Alzier, são de que a CGADB ainda não teria dado nenhuma posição até aquele momento ao ofício encaminhado e assinado pelo pastor Jonatas Câmara. “Não recebemos nenhuma posição, inclusive, às inscrições terminaram ontem”, disse pastor Alzier.

O JM Notícia ligou nesta quarta-feira na secretaria da CGADB, no entanto, as ligações não foram atendidas.

Confira abaixo o documento emitido pela CEADAM: Ver documento em PDF CGADB OFICIO  (1)

cgad

cgadb1

 cgadb2cgadb3

Leia aqui o edital de convocação da CGADB  para a 7ª Assembleia Geral Extraordinária (AGE).

Age7

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.