palmas

Na manhã desta quinta-feira, 7, a Comissão Especial de Revisão do Plano Diretor de Palmas se reuniu, no Instituto de Planejamento Urbano (Ipup), para definir o calendário de reuniões setoriais e audiências públicas para tratar da revisão do Plano Diretor da Capital.

Criada pelo prefeito de Palmas, Carlos Amastha, a comissão, que deverá concluir seus trabalhos até final de abril 2016, é formada pelo Poder Público Municipal, representantes da sociedade civil, classe empresarial, entidades profissionais, acadêmicas e conselhos de classe.

A Comissão será responsável pela realização dos trabalhos de leitura técnica e comunitária das demandas da sociedade para elaboração do diagnóstico, diretrizes e estratégias a serem implementadas na revisão do Plano Diretor da Capital.

Para isso foi elaborado um calendário de reuniões e ações com todos os segmentos envolvidos, para a coleta, compilação e tabulação de dados a fim de diagnosticar os problemas existentes e futuros. Durante os trabalhos da Comissão serão realizadas as reuniões setoriais com datas, horários e locais anteriormente publicados e amplamente divulgados para a população, através dos principais meios de comunicação.

As reuniões setoriais com a participação da população, para coleta de informações começarão a partir do dia 20 de janeiro e se estenderão até 20 de fevereiro. Em seguida, será elaborado um relatório definindo as diretrizes e levado a Audiência Pública para apresentação geral. As audiências públicas serão realizadas em três lugares. Uma na região Central, outra na região Sul e a outra na região Norte, nos dias 15, 16 e 17 de março de 2016, a partir das 19 horas.

O presidente da Comissão Especial e Secretário Municipal de Desenvolvimento Sustentável, José Messias de Souza, afirmou que o papel principal da comissão é colher os insumos que a comunidade tem para contribuir com o novo Plano Diretor de Palmas, posteriormente fazer uma leitura dos temas e dos anseios que a população tem para os próximos dez anos, condensar essas vontades junto com a comissão técnica e elaborar o novo Plano Diretor que deverá ser encaminhado para aprovação na Câmara Municipal.

Já o Vice Presidente do Sindicato das Empresas de Compra, Venda, Locação, Administração de Imóveis e Condomínios Residenciais e Comerciais do Tocantins, Reinaldo Fais, ressalta que é fundamental que se tenha um unidade nos trabalhos pensando num projeto do amanhã para os filhos e netos desta cidade.

As datas e locais das reuniões setoriais estarão disponíveis para consulta a partir do dia 12 de janeiro no site www.palmas.to.gov.br.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.