Celina Martins Albuquerque, 34 anos, professora da Escola Dominical, estava acamada quando os missionários a visitaram em sua casa, na Rua Siqueira Mendes, 67. Sofria provavelmente de câncer nos lábios. Em resposta ao clamor dos servos de Deus, Celina foi plenamente curada.

Esse fato levou-a a pedir com insistência o glorioso batismo no Espírito Santo. E, depois de orar e jejuar, foi batizada em sua casa. Era uma hora da madrugada de uma quinta-feira, dia 8 de junho de 1911, quando Celina Albuquerque falou novas línguas.

Foi a primeira pessoa brasileira a receber a promessa.

Em junho completa 105 anos desse dia histórico para as igrejas pentecostais no Brasil.

Via ADBelem com informações extraídas do livro História Centenária da Assembleia de Deus

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.