Vereador Lúcio Campelo - Foto: Lourenço Bonifácio T1 Noticias
Vereador Lúcio Campelo – Foto: Lourenço Bonifácio T1 Noticias

O vereador Lúcio Campelo (PR), afirmou ao portal Conexão TO na tarde desta terça-feira (19), que pedirá investigação do Ministério Público Estadual sobre a contratação de shows que serão realizados em fevereiro, no Palmas Capital da Fé.

“Estou encaminhando oficio para secretaria de turismo, vamos analisar procedimentos e encaminhar para o Ministério Público investigar”, frisou.

O parlamentar questionou a dispensa de licitação para a realização da festa. “Dispensa de licitação é em casos de extrema necessidade social, o que não é o caso”, disse. Segundo ele ainda a prefeitura priorizou parentes deixando de lado os artistas da terra. “É simplesmente um ato de má gestão e inclusive algumas igrejas não vão participar em razão desse tipo de ato. Não precisava colocar uma situação vexatória dessa”, disse.

Entenda:

A questão abordada pelo vereador Lúcio Campelo, é que a Prefeitura de Palmas contratou a empresa  Empresa J M A de Souza ME, CNPJ n° 07.572.089/0001-00 cujo sócio é Maciel Souza, ex-servidor da Agência de Turismo do município, para realização dos shows que ocorrerão no mês de fevereiro na capital, no evento Palmas Capital da Fé.

VEJA TAMBÉM
Associação Brasileira de Ateus ingressa na justiça pedindo suspensão do "Palmas Capital da Fé"

De acordo com o Conexão, o  valor a ser pago supera os R$ 300 mil reais e consta no Diário Oficial de Palmas da última quarta-feira, 13, sob o número 1.420. Para a realização dos shows, a empresa J M A de Souza ME contratou a cantora gospel Cassiane, Ministério Adoração e Vida, cantor Tony Allysson, Banda Rosa de Saron. Ainda entre os cantores que Maciel Souza contratou consta o nome da sua esposa Lorena Rosa, que ainda não possui CDs gravados.

O Conexão abordou que Rosilene Martins, ganhadora do Disco de Ouro em 2015, não figurou na lista dos cantores do Palmas Capital da Fé, mesmo tendo mais de 15 anos de carreiras e vários trabalhos gravados. Com informações Conexão TO via JM Notícia

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.