Prefeitura de São Miguel -TO abre concurso com salário de até R$ 5 mil

Profissionais de todos os níveis de escolaridade são requisitados pela Prefeitura de São Miguel do Tocantins, no Estado do Tocantins. Para formalizar as contratações, foi lançado o edital n° 001/2016 de concurso público, que será realizado pelo Instituto Bezerra Nelson Ltda.

Estão disponíveis, ao todo, 102 vagas imediatas para cargos de nível fundamental, médio e superior, incluindo reserva para candidatos com necessidades especiais.

Os salários ofertados pela Prefeitura circulam entre R$ 880,00 a R$ 5.000,00, podendo variar conforme o cargo e a jornada semanal de trabalho, que pode ser de 20 a 40 horas.

Os pedidos de participação serão aceitos no período de 10 de fevereiro a 06 de março de 2016, pelo portal da empresa organizadora: www.ivin.com.br. Haverá taxa de participação no valor de R$ 40,00 para cargos de nível fundamental, R$ 60,00 para cargos de nível médio/técnico e R$ 90,00 para cargos de nível superior.

As oportunidades são para os seguintes postos de trabalho: Eletricista, Mecânico, Motorista, Assessor Jurídico, Assistente Social, Auxiliar de Serviços Gerais, Agente Comunitário de Saúde, Assistente Administrativo, Digitador, Engenheiro Agrônomo, Técnico em Saúde Bucal, Educador Físico, Técnico em Enfermagem, Enfermeiro, Fisioterapeuta, Farmacêutico, Médico Veterinário, Médico Clínico Geral, Nutricionista, Odontólogo, Psicólogo e Professor II de diversas disciplinas.

VEJA TAMBÉM
Assembleia impõe derrota a Miranda e reduz remanejamento do orçamento

Estima-se que a aplicação das provas objetivas (método adotado para avaliar os candidatos) ocorra no dia 03 de abril de 2016, em locais e horários ainda não informados.

A validade deste concurso público será de 24 meses, conforme informado no edital n° 001/2016. A depender da Prefeitura local, o prazo mencionado poderá ser renovado por mais dois anos. Com informações: http://editalconcursosbrasil.com.br/

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.