Por Pr. Derisvaldo Bezerra

No Antigo Testamento presenciamos o Espírito Santo desempenhando um trabalho extremamente habilidoso, mas árduo principalmente aos elementos, ou, seja, aos profetas. Pois, o Espírito Santo levava eles a viverem atos proféticos da vida, morte, ressurreição e ascensão de Jesus.

Dessa forma a vida do profeta estava envolvida em atos proféticos, ou seja, eles além de verbalizar a mensagem de Deus, a vida deles também foram utilizada como elementos proféticos da pessoas de Cristo.

Exemplos:

Daniel foi lançado na cova dos leões, mas, de lá saiu vivo e intacto fisicamente. A cova representava a sepultura onde Jesus foi sepultado, a saída da cova representava a ressurreição de Cristo. Pois bem, Daniel viveu a morte e ressurreição de Cristo.

A vara de Arão no Tabernáculo brotou, floresceu, produziu amêndoas e tudo foi sem estar plantada na terra, ou, seja ela recebeu vida diretamente do próprio Deus. O que Jesus foi e fez como homem tudo foi realizado na virtude do Espirito Santo.

Davi obteve benefícios da graça no tempo da lei. Enfim, o Espírito Santo levou muitos profetas a demonstrarem fisicamente as lições e a profetizarem as riquezas reservadas a Igreja!!!! .

VEJA TAMBÉM
Ajudante de pedreiro que confessou ter matado pastor é preso no ES

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.