Thaís Ramalho/Governo do Tocantins

livros-didáticos-jm
Pais e alunos começam fazer a retirada dos livros didáticos Foto1: Adilvan Nogueira/Governo do Estado

Começou neste sábado, 27, a mobilização para distribuição dos livros didáticos para pais e alunos da Rede Pública Estadual de Ensino. A distribuição dos livros da editora às escolas faz parte do Programa Nacional do Livro Didático (PNLD) do Ministério da Educação.

Na Escola Estadual de Tempo Integral Vila União os pais começaram a retirar os livros a partir das 14h. No total, 370 kits começaram a serem entregues para os 400 alunos da escola.

De acordo com a diretora Maria Aparecida Leal, um trabalho de conscientização foi feito para que os 400 alunos da escola conservem os livros didáticos. “É um dia muito importante para nós, porque é a vez de reforçarmos para os pais a importância de cuidar dos livros didáticos”, afirmou.

Ricardo Ribeiro da Silva é aluno do 5º ano da Escola Vila União. Ansioso para receber os livros, ele falou da motivação a mais que tem para estudar. “É muito bom receber livros novos. Já quero aprender logo todas as matérias deste ano”, disse.

VEJA TAMBÉM
Projeto de Lei torna obrigatória a participação dos pais na escolha do material didático escolar

A mãe, Rita Ribeiro da Silva, ficou satisfeita com a mobilização da escola para entrega dos livros didáticos. “Além da entrega foi importante ouvirmos as orientações da diretora e dos professores sobre as normas. Mostra o comprometimento da escola com os nossos filhos”, ressaltou.

Na Escola Castro Alves, a entrega começou a partir das 15h e teve o total de 200 kits entregues aos pais e alunos.

Um presente para os alunos. Foi assim que a diretora Maria do Carmo Ribeiro definiu o dia de mobilização. Ela contou que, 90% dos livros entregues aos pais e alunos estão em ótimo estado de conservação. “Sempre fizemos esse trabalho de chamar os pais à responsabilidade de conversar também com os alunos para a conservação dos livros didáticos”, frisou.

Estér Andrade, aluna do 2º ano, já tem consciência de que os novos livros serão importantes para todo o seu ano escolar e que, no próximo ano, servirá também de aprendizado para outra pessoa. “Cuido com o maior carinho e cuidado, pois sei que são ótimos livros, mas são  emprestados”, disse.

VEJA TAMBÉM
Sobre a ideologia de gênero, Prefeitura de Colinas do TO diz que o assunto aborda apenas "formação das famílias"

Presente na rotina escolar da filha, Maria Íris Andrade, não perde uma reunião. Ela afirmou que a dedicação da filha na escola é motivo de orgulho. “Nem preciso ficar chamando a atenção dela [Estér]. Isso me motiva mais a ser mais presente na rotina escolar”, contou.

Os pais que não foram até as escolas neste sábado, poderão procurar as coordenações das escolas, durante a semana, para fazerem a retirada.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.