destaque1-750x327
Pr. Malafaia e procurador denunciam erotização de crianças nas escolas

O programa Vitória em Cristo, que foi ao ar neste sábado (27) trouxe uma entrevista com o procurador da República Guilherme Schelb.  Apresentado pelo pastor Silas Malafaia, a tônica foi uma série de denúncias sobre a maneira como as crianças estão sendo submetidas na sala de aula a ensinamentos que envolvem sexo.

O procurador deixou claro que o procedimento é “ilegal e inconstitucional”, sendo uma violação ao direito das crianças e da família. Em alguns casos, os alunos eram orientados a não contar aos pais.

Para Schelb, é uma erotização precoce de crianças sob a desculpa de ser defesa das minorias e de direitos humanos. Isso inclui homossexualidade, bissexualidade, prática do sexo anal, grupal e até com animais.

Tudo isso faz parte da agenda do Partido dos Trabalhadores, que comanda o Ministério da Educação (MEC). O assunto já vem sendo denunciado por membros da bancada evangélica há bastante tempo, mas continua sendo ensinado.

A questão central é que os professores não poderiam ensinar esse tipo de assunto pois viola leis do Código Civil em vigor no país, inclusive a Constituição Federal. A formação moral e religiosa é de alçada dos pais e não da escola. Para Malafaia, isso tudo reflete o “jogo moral” da esquerda brasileira.

VEJA TAMBÉM
Como a mulher cristã deve se vestir? Pr. Silas Malafaia comenta

O programa ensinou como os pais podem proteger seus filhos notificando escolas e professores que incorrerem nesse crime. O passo a ser dado é uma Notificação Extrajudicial, que podem questionar na justiça os professores ou escolas, caso estejam ensinando sobre sexualidade e ideologia de gênero aos filhos menores de idade.

Durante a entrevista, Malafaia voltou a denunciar que a “ideologia de gênero” é uma imposição de fundo marxista que visa a destruição da família. O principal aspecto é minar a autoridade dos pais e os fundamentos morais, especialmente os defendidos pelos cristãos.

O procurador Guilherme Schelb reforça a vulnerabilidade das crianças que acabam sendo expostas a uma doutrinação por diversos meios.

O portal Gospel Prime disponibiliza para você baixar as notificações extrajudiciais para professores e diretores. É necessário protocolar na escola de seu filho em 3 vias. Guardar uma via devidamente recebida pelo responsável, com identificação e assinatura. Entregar a outra via recebida para o professor de seu filho.

Notificação para professores (clique aqui para baixar)
Notificação para diretores (clique aqui para baixar)

VEJA TAMBÉM
Câmara de Araguaína volta a debater ideologia de gênero; discussão foi adiada

Assista a entrevista com Guilherme Schelb:

Com informações Gospel Prime

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.