Bruno Alves
(Divulgação) Bruno Alves da Silva Bezerra, 21 anos, foi preso nesta sexta-feira, 04, pela polícia civil.

A Polícia Civil, por intermédio da Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher (DEAM/Sul), efetuou, na manhã desta sexta-feira, 4, a prisão de Bruno Alves da Silva Bezerra, 21 anos, suspeito de praticar dois estupros ocorridos no mês de setembro de 2015, no Jardim Taquari, em Palmas. Bruno Alves foi capturado, mediante o cumprimento de mandado de prisão preventiva, expedido pela 2ª Vara Criminal de Palmas.

De acordo com a delegada Jacqueline de Guimarães e Souza Coimbra, Bruno Alves era investigado pela DEAM desde o mês de setembro do ano passado, quando duas mulheres, sendo uma de 50 anos e outra de 17, registraram boletins de ocorrência por estupro e teriam reconhecido Bruno, como sendo o autor dos crimes. A partir daí, os policiais civis da Delegacia Especializada deram início às investigações, no intuito de capturar o suspeito.

A delegada esclareceu que Bruno havia sido localizado anteriormente e só não ficou preso porque ainda não havia mandado judicial contra ele. Todavia, o inquérito foi instaurado, sendo que os policiais civis continuaram as investigações e reuniram mais indícios que apontavam o homem como sendo o autor dos estupros. Ainda segundo a delegada, desde que teve algumas fotos divulgadas na região sul da capital, o suspeito teria se mudado da residência onde morava com a mãe, no Jardim Aureny II, para um quarto no Jardim Taquari. Ele também passou a sair de casa somente à noite para evitar ser reconhecido.

VEJA TAMBÉM
Em Palmas, Avenida LO-19 ganha Praça do Exército

Com base nessas informações, a delegada representou, junto ao poder judiciário, pelo mandado de prisão preventiva do indivíduo, o qual foi expedido e cumprido, na manhã desta sexta-feira. Quando os policiais civis da DEAM chegaram até a residência do suspeito para efetuar sua prisão, o mesmo se escondeu dentro de um guarda-roupa, mas após uma rápida busca, foi localizado e tentou fugir, sendo contido pelos agentes.

Após os procedimentos cabíveis, Bruno Alves da Silva Bezerra foi encaminhado à delegacia da mulher e, após os procedimentos que a lei determina, foi recolhido à Casa de Prisão Provisória de Palmas (CPPP), onde permanecerá à disposição da justiça.

A DEAM Sul dará continuidade às investigações, pois existe a suspeita de que Bruno esteja envolvido em outros casos de abuso sexual, ocorridos na região sul de Palmas.

Os crimes

Conforme a Polícia Civil, Bruno utilizava uma faca para cometer os abusos sexuais, sendo que em uma oportunidade, ele teria invadido a residência da vítima, uma senhora de 50 anos e, armado com uma faca, teria subtraído diversos objetos de valor da casa e, depois estuprado a dona do imóvel. Em outra ação, segundo apurado pela Polícia Civil, Bruno teria invadido a residência de uma adolescente de 17 anos, e armado com uma faca, cometeu o estupro contra a jovem, fugindo em seguida.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.