laura vitoria
(Divulgação) Laura Vitória está desaparecida desde o dia 09 de janeiro.

A Polícia Civil, por intermédio da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (DEIC), cumpriu, na manhã desta terça-feira, 8, o mandado de prisão preventiva em desfavor de Ronaldo Santana da Silva, de 40 anos de idade. Ele é o principal suspeito de ter raptado a menina Laura Vitória Oliveira da Rocha, de 9 anos e se apresentou na Delegacia Especializada, por volta das 10 horas da manhã acompanhado de seu advogado.

Conforme a delegada titular da Deic, Liliane Albuquerque Amorim, ao ser questionado sobre sua participação no desaparecimento da menina Laura, Ronaldo afirmou que é inocente, mas que só iria se pronunciar diante de um juiz. Após o cumprimento do mandado, ele foi encaminhado ao Instituto Médico Legal, para realização do exame de corpo de delito e, sem seguida, recolhido a carceragem da Casa de Prisão Provisória de Palmas (CPPP) onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.