Dilma
PMDB pode liberar voto a favor do impeachment, diz jornal

A cúpula do PMDB estuda elaborar um documento que permitirá aos congressistas do partido votarem como quiserem em relação ao impeachment da presidente Dilma Rousseff. A liberação vale também para outras pautas,  em que o partido não fechar uma tendência única. A informação é do jornal O Estado de S. Paulo.

A liberdade dos parlamentares conta com aval do vice-presidente Michel Temer e com a participação dos senadores Renan Calheiros e Romero Jucá. O texto pode ser apresentado na convenção nacional do partido realizada neste sábado e assim marcar uma saída alternativa do governo.

Tal ação ainda não é consenso, já que parte do partido ainda deseja o rompimento total com o governo, com a entrega dos cargos nos ministérios. “Não existe meio grávida ou meio virgem. Ou se está no governo ou não. Não se consegue construir uma candidatura ocupando cargo. É hora de o PMDB tomar posição. Não somos sócios da crise e o PT quer que a gente assuma esse papel”, disse o deputado Lúcio Vieira Lima, da Bahia

VEJA TAMBÉM
Desembarque do PP do governo deixa clima de pessimismo entre petistas

O FinancistaTodos os direitos reservados

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.