“Preciso retribuir a Palmas o que conquistei”, diz Fabiano Parafuso ao se filiar ao PRB
“Preciso retribuir a Palmas o que conquistei”, diz Fabiano Parafuso ao se filiar ao PRB

Os diretórios regional e metropolitano do Partido Republicano Brasileiro (PRB) realizaram hoje, 10, na Capital, mais de 30 filiações, a maioria de comerciantes e líderes comunitários de Taquaralto, região Sul da cidade. Entre os novos filiados está o empresário Fabiano do Vale, conhecido como Fabiano Parafuso, morador de Palmas e ex-presidente da Associação Comercial e Industrial de Palmas (Acipa). De acordo com o presidente regional do PRB, deputado federal César Halum, o partido é pequeno no Estado, mas tem conquistado seu espaço porque atrai pessoas que conhecem e entendem que política se faz com gente, não com dinheiro e velhas práticas.

Fabiano Parafuso se filia pela primeira vez a um partido político, mas por seu perfil de líder, em especial no setor empresarial, vinha sendo assediado por muitos grupos partidários e chegou a ser cogitado para assumir cargos de gestão política na cidade. Ele, porém, recusou. Agora, disse ter escolhido o PRB por ter se sentido à vontade com o projeto do partido que embora SEJA pequeno, demonstra seriedade e honradez ao se aproximar de pessoas comuns da cidade, como ele.

“A decisão por ingressar em uma legenda é algo que venho construindo há vários anos. Não é um negócio que eu decidi ontem. Me identifiquei com o projeto do PRB e me senti na obrigação de, dentro do partido, discutir Palmas. Não adianta ficar só reclamando se eu não apresentar nenhuma proposta alternativa. E temos que falar para todos, e não para uma meia dúzia”, disse ele durante o evento de filiação, realizado em Taquaralto.

Questionado sobre o porquê de se filiar agora, Fabiano frisou o convite recebido pelo PRB e disse que o atual cenário político desperta ainda mais a vontade de participar dos processos de discussão, de debater, de mostrar as experiências e buscar soluções. “Esta cidade tem me proporcionado tantas realizações que não tem como dimensionar. Eu devo a esta cidade e está na hora de começar a retribuir”, afirmou.

VEJA TAMBÉM
Deputado Wanderlei Barbosa se encontra com lideranças do PRB

Fabiano mora em Palmas há 24 anos. Veio para a cidade com os pais ainda adolescente, formou sua própria família e não foi mais embora. “Eu tenho muita vontade de retribuir a esta cidade o que construí. É aqui que eu moro com a minha esposa, onde nasceram os meus filhos, onde eles estudam”, contou. Como presidente da Acipa, realizou diversas atividades em defesa dos micro e pequenos empresários da Capital, e durante os cinco anos em que esteve à frente da entidade, conseguiu subir o número de filiados de 200 para cerca de 1000. “Defendemos as pequenas empresas, que são 99% das empresas do Estado.”

Partido

César Halum falou sobre o crescimento do partido no Estado e como a sigla trabalha. Destacou que o PRB tem filiado gente simples, que não encontrava espaço em outras siglas, mas que conhece a realidade e o que precisa ser feito. “O PRB não precisa maquiar nada. O povo está descrente com os partidos, porque a maioria está na base do fisiologismo. E o povo cansou deste tipo de política”, disse, aplaudido.

Ao dizer que a política “tem que ser feita com o coração e não com o bolso”, Halum disse que o cenário atual precisa de novos líderes. “Tem muito falsário por aí, se dizendo o novo, mas faz política com práticas velhas, comprando apoios, distribuindo cargos. Tudo isso com o nosso dinheiro. O PRB não vai para o lado do fisiologismo. Os políticos precisam entender a diferença entre preço e valor”, disse. Quando perguntado se o PRB pretende lançar Fabiano Parafuso como uma das possibilidades de renovação, considerando o perfil do empresário, disse que não haverá imposições. “O Fabiano entendeu os princípios do PRB e nós não iremos impor sua candidatura. Ela será o produto de uma construção coletiva dentro do partido e dos que quiserem caminhar ao nosso lado”, destacou.

VEJA TAMBÉM
Cerimônia de evangélicos na Câmara do Rio de Janeiro gera polêmica nas redes sociais

O presidente do diretório metropolitano do PRB de Palmas, Rui Simon, afirmou que o ingresso de Fabiano Parafuso é o resultado de uma construção de longo prazo. Segundo Rui, a credibilidade e o histórico limpo de Fabiano ajudam a fortalecer o partido por um novo projeto pela cidade.

Apoios
O presidente da Associação de Moradores de Taquaralto, Marcelo Moreno, de apenas 20 anos, também ingressou ao PRB considerando haver espaço para pessoas que querem discutir e, até então, eram “engolidas” por grandes grupos. Ele disse ter se identificado com Fabiano Parafuso por acreditar que o empresário mostrou ser um defensor das causas dos pequenos comerciantes, além de ser novo nesse processo. “Há tempo queríamos apoiar um nome novo e Taquaralto é o bairro onde se encontram os pioneiros de Palmas. Estamos de braços abertos para ouvir e discutir as propostas”, disse ele.

Durante a solenidade de filiação, representantes de sindicatos de trabalhadores de diversas categorias da capital ressaltaram a disposição em apoiar o projeto do PRB para Palmas. Cerca de 18 sindicatos e duas centrais sindicais já se dispuseram em apoiar nomes do partido.

Participaram da solenidade de filiações, líderes do PRB, como a coordenadora do PRB Mulher no Estado, Valquíria Rezende, o presidente da Acipa, Karielo Sousa Coêlho, o presidente da Associação Comercial e Industrial de Araguaína (Aciara), Márcio Parente, entre outro

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.