Adilvan Nogueira-Governo do Tocantins (1)
(Foto: Aldivan Nogueira) Atividades de mobilização são fruto do pacto de combate às doenças transmitidas pelo mosquito.

O Comitê de Mobilização contra o mosquito Aedes Aegypti da Secretaria da Educação, Juventude e Esportes (Seduc) definiu, na manhã desta segunda-feira, 14, as atividades para a segunda ação do Dia “D” de Mobilização. Em Palmas, a previsão é que elas aconteçam no próximo dia 22 deste mês.

As atividades de mobilização são fruto do pacto de combate às doenças transmitidas pelo mosquito, feito entre a Seduc e o Ministério da Educação (MEC). A intenção é que as escolas disseminem para a população ações de prevenção e controle do Aedes.

De acordo com o gerente de Projetos Educacionais da Seduc, Júlio César Rocha, a primeira ação, que aconteceu em fevereiro, conseguiu atingir os objetivos traçados pela secretaria. “Tivemos a abertura das atividades e mobilização em massa das instituições. Agora, daremos continuidade a essas ações, em todas as diretorias, tendo em vista que elas sejam disseminadas para as cidades do interior do Estado”, explicou.

VEJA TAMBÉM
Testemunhas de Jeová promovem Assembleia com o tema “Imite sua fé”

Com os alunos sensibilizados no combate ao mosquito Aedes aegypti, nesta próxima etapa os estudantes partirão para a prática, conforme informou o técnico da Seduc, Paulineli Nunes. “Daremos continuidade à mobilização com ações mais concretas, através de panfletagem e mutirão de limpeza”, disse.

Em Palmas, as escolas estaduais Castro Alves, São José e Rachel de Queiroz são as escolas polos responsáveis por articularem as atividades com as demais escolas e repassarem as informações.  Sucesso no primeiro Dia “D”, a confecção de armadilhas para capturar larvas do mosquito também terão continuidade.

Ascom Seduc

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.