Adilvan Nogueira-Governo do Tocantins (1)
(Foto: Aldivan Nogueira) Atividades de mobilização são fruto do pacto de combate às doenças transmitidas pelo mosquito.

O Comitê de Mobilização contra o mosquito Aedes Aegypti da Secretaria da Educação, Juventude e Esportes (Seduc) definiu, na manhã desta segunda-feira, 14, as atividades para a segunda ação do Dia “D” de Mobilização. Em Palmas, a previsão é que elas aconteçam no próximo dia 22 deste mês.

As atividades de mobilização são fruto do pacto de combate às doenças transmitidas pelo mosquito, feito entre a Seduc e o Ministério da Educação (MEC). A intenção é que as escolas disseminem para a população ações de prevenção e controle do Aedes.

De acordo com o gerente de Projetos Educacionais da Seduc, Júlio César Rocha, a primeira ação, que aconteceu em fevereiro, conseguiu atingir os objetivos traçados pela secretaria. “Tivemos a abertura das atividades e mobilização em massa das instituições. Agora, daremos continuidade a essas ações, em todas as diretorias, tendo em vista que elas sejam disseminadas para as cidades do interior do Estado”, explicou.

VEJA TAMBÉM
Prefeitura de Palmas elabora estudo de viabilidade para implantação de táxi elétrico

Com os alunos sensibilizados no combate ao mosquito Aedes aegypti, nesta próxima etapa os estudantes partirão para a prática, conforme informou o técnico da Seduc, Paulineli Nunes. “Daremos continuidade à mobilização com ações mais concretas, através de panfletagem e mutirão de limpeza”, disse.

Em Palmas, as escolas estaduais Castro Alves, São José e Rachel de Queiroz são as escolas polos responsáveis por articularem as atividades com as demais escolas e repassarem as informações.  Sucesso no primeiro Dia “D”, a confecção de armadilhas para capturar larvas do mosquito também terão continuidade.

Ascom Seduc

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.