Por Antônio Guimarães – Jornalista

antonio-guimaraes

O debate foi épico, teve de tudo, desde oradores sinceros e inteligentes a exemplo de Milton Néris, a arrogantes e desafiadores como Major Negreiros militarista. Folha com sua fala defendendo o indefensável AMASTHA e suas ideologias, e João Campos sendo humilhado em público e calando-se como um cristão sábio. A presença de líderes cristãos e políticos como Eli Borges, pastor Amarildo, pastor Sérgio Paulo Guimarães e outros. A presença marcante de Rodrigo Moraes em todas as reuniões, suas ideias de defesa de Deus e da família, sua fé, seu conhecimento e caráter determinado, são ótimos exemplos para a juventude caotizada, erotizada  e fossilizada.

O trabalho em conjunto dos pastores e líderes católicos foi de fundamental importância, pois levou ao fim uma erva daninha que iria ser implantada nas escolas municipais de Palmas, somente pelo desejo do aumento da verba educacional e pelo prazer da diversidade cultural e educacional, disfarçadas de pedofilia e sexo antinatural. Enfim as famílias palmenses venceram,e fica aqui  no sabor da vitória a imagem da freira católica rezando o terço durante todo o tempo em que as discussões estavam acirradas e quando tudo parecia perdido, o poder da oração, da família unida, da sociedade organizada sob DEUS falou mais alto e o bem venceu o mal.

VEJA TAMBÉM
⁠⁠⁠Posse dos eleitos de Palmas ocorrerá no dia 1º de janeiro, às 14 horas; Câmara terá 9 novos vereadores

A ideia laica do laicismo e comunismo,  chauvinismo e leninismo.A decadência moral caiu sob os pés dos bons em Palmas, nesta data histórica, na câmara de vereadores. Parabéns aos bons e honrados homens e mulheres que não venderam suas almas e nem trocaram pelo tesouro que a traça corrói, a ferrugem enferruja e o ladrão rouba. Hoje os bons e heroicos gideões  da família provaram que onde está o teu tesouro ai estará o teu coração, e o coração dos bons está sempre centralizado em DEUS.

Por  Antônio Guimarães – Jornalista

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.