reunião de estruturação da agrotins fotos MANOEL JUNIOR (2)
(Divulgação) A reunião contou com a participação da Polícia Militar, SSP, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, Guarda Metropolitana e ATTM.

A 16ª Feira de Tecnologia Agropecuária do Tocantins (Agrotins 2016) será realizada no período, de 3 a 7 de maio, no Centro Agrotecnológico de Palmas. Para discutir sobre a segurança e mobilidade, principalmente nos cinco dias da feira, quando recebe quase 100 mil pessoas, representantes das instituições estadual e municipal responsáveis pela segurança e mobilidade participaram de uma reunião na Secretaria do Desenvolvimento da Agricultura e Pecuária (Seagro).

A reunião aconteceu na manhã desta segunda-feira, 21, com a participação da equipe da diretoria de Agrotecnologia da Seagro, Polícia Militar (PM), Secretaria de Segurança Pública (SSP), Polícia Civil (PC), Corpo de Bombeiros, Guarda Metropolitana e Agência de Trânsito, Transporte e Mobilidade (ATTM) do município de Palmas.

O secretário da Agricultura, Clemente Barros abriu a reunião agradecendo a parceria de sucesso, com as instituições prestando serviço de qualidade, sem qualquer incidente grave. “Isso só é possível com o envolvimento de todos que são atores responsáveis pela realização do evento, que é destaque na região Norte do país, que ano após ano vem quebrando todos os recordes, de visitantes, volume de negócios, palestras, cursos e demais capacitações para o setor do agronegócio tocantinense”.

VEJA TAMBÉM
AD Catedral da Missão em Palmas terá a 1ª Cruzada Evangelística
reunião de estruturação da agrotins fotos MANOEL JUNIOR (3)
(Divulgação) Reunião estruturação da Agrotins.

Clemente Barros disse que este ano as reuniões estão acontecendo de forma setorizada, com todas as instituições e empresas que irão participar da Agrotins 2016. “O volume de veículos e de pessoas é muito grande, e por se tratar de uma feira de tecnologia, são utilizados todos os 60 hectares com atividades afins”, lembrou.

Ficou acordado que a Polícia Militar e ATTM farão as fiscalizações, orientações e rondas constantes no local, além do patrulhamento no lago, por parte do Batalhão Florestal. Também ficou acordado uma visita técnica do grupo no Centro Agrotecnológico para definir as opções de trânsito e estacionamento.

Ascom

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.