14349547

Kátia Abreu divulgou mensagem de apoio à petista em seu Twitter e afirmou ainda que ‘pedalada não é argumento’. Foto:Reprodução

A ministra da Agricultura, Kátia Abreu (PMDB-TO), defendeu a presidente Dilma Rousseff em sua conta no Twitter. “Continuarei escrevendo que acredito na honestidade da presidente Dilma. Até que me provem o contrário. Pedalada não é argumento”, afirmou Kátia, assinalando que não aceitará “patrulha”.

“Enquanto for ministra continuarei trabalhando pelo Agro. O Brasil não pode parar”, escreveu a ministra na rede social. “As pessoas produzem, precisam vender os produtos, industrializar, exportar, precisam de crédito, estradas. Continuarei cumprindo meu dever.”

Na semana passada, surgiram rumores de que a ministra teria decidido sair do governo antes mesmo da decisão oficial do PMDB, prevista para o fim do mês. Fontes disseram ao Broadcast que Kátia Abreu não digeriu a entrada do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no staff presidencial, como ministro da Casa Civil. Na sexta-feira, ela comentou no Twitter que não mencionou “este assunto com ninguém”. “São apenas ilações.”

VEJA TAMBÉM
Ataídes é o melhor parlamentar do Tocantins, de acordo com “Ranking dos Políticos”

Nesta segunda-feira, a ministra disse que espera que a Justiça continue fazendo o seu trabalho. “Confio nisto. Tudo será esclarecido e os culpados punidos.” Ela criticou as manifestações de ódio na internet. “Justiça e a urgência nos julgamentos têm que ser para todos.”

Com informações Estadão

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.