Da Redação JM Notícia- Camila Rodrigues

8279fc13-5323-4f7f-af57-c52ac037606b
Fernando Guillen ministra no 25º Liberação Profética, em Palmas.

A abertura oficial do Liberação Profética, que comemora 25 anos de Congresso, nesta sexta-feira, 25, foi marcada por ministrações proféticas para o povo de Deus no país. O preletor da noite, o Apóstolo Fernando Guillen falou sobre bençãos geracionais, baseado no livro de Gênesis 21, e também sobre prosperidade em meio a crise.

DSC_0225
Mais de cinco mil pessoas reunidas no segundo dia de congresso em Palmas – Foto: Ricardo Costa

“A benção geracional é o poder que Deus libera sobre uma linhagem para que ela frutifique, para que ela multiplique, e para que ela tenha domínio sobre as circunstâncias. Quando Deus abençoa o homem, a criação, ele diz que os criou macho e fêmea, abençoou-os e disse-lhes: multiplicai, multiplicai, e enchei a terra do subjugar e dominar. Então, a benção geracional ela causa a linhagem de gerações, frutifiquem, multipliquem e tenha poder” disse o Apóstolo.

b1b276b4-9cfe-4d28-a8a6-71322f45c2be
A cantora Mylla Karvalho lembrou que foi no Liberação Profética que Deus liberou profecias para a vida dela e que ela vive até hoje.

A cantora e Bispa da Igreja  de Cristo, em Taquaralto, Mylla Karvalho comentou sobre a importância da realização de congressos como estes para Palmas e o país, e lembrou que foi através do congresso que ela se converteu. “Esse congresso, que tem quase a idade de Palmas, é uma benção para a nossa cidade. Através do Pastor Bené, construir um altar para Deus como esse aqui, que reúne todas as igrejas, do Brasil e das nações, é muito importante para todos nós adorar ao único que é digno de todo louvor e adoração. Foi aqui que Deus liberou palavras proféticas sobre a minha vida e que eu vivo até hoje. Então aqui é a nossa casa, é o congresso da minha igreja, então, está sendo maravilhoso poder fazer parte em mais um ano”, afirmou.

VEJA TAMBÉM
Comadesma anuncia abertura de mais uma igreja no Tocantins

O cantor Israel Salazar falou sobre o momento de crise que o Brasil vive, cumprindo-se o que diz as escrituras, mas que é um terreno propício para um avivamento e para a igreja brilhar. “Acho que o Brasil vive um momento propício para o avivamento. Quando a gente escuta a história dos avivamentos, tanto o que aconteceu na Escócia, como na Inglaterra, nos Estados Unidos, em vários momentos, em alguma esfera da sociedade, a sociedade estava em crise, seja moral, seja financeira, seja econômica, seja na saúde. Então, o que nós estamos começando a viver hoje, o início de uma crise, é o que Deus diria que é o terreno fértil para o avivamento. A base do avivamento é 2 Crônicas 7, versículos 13 e 14. Versículo 13 diz: Se eu fechar os céus para que não chova, [tem algo acontecendo parecido com isso no Brasil, nos últimos anos?] ou sobre o meu povo enviar uma praga, ou ainda, enviar um gafanhoto para que devore a nação [tem alguma coisa acontecendo com a nossa economia, tenha alguma praga vindo sobre o Brasil?]. Esse versículo ta se cumprindo no Brasil hoje, só que o 14 é responsabilidade da igreja: E se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e me buscar, e se converter dos seus maus caminhos, então, eu ouvirei dos céus, perdoarei os seus pecados e sararei a sua terra. Então, o ambiente que o Brasil vive hoje, é propício para a igreja brilhar, porque a igreja só pode brilhar sua luz quando as trevas são maioria, e um congresso como esse é importante para despertar uma geração, despertar uma igreja e várias cidades”.

VEJA TAMBÉM
Raul Filho volta a defender redução de taxas e impostos em Palmas
ca64a149-c938-4d83-8115-ad21d780ad48
Israel Salazar no 25º Liberação Profética, em Palmas.

O Pastor Bené Silva, organizador do evento, comentou sobre o projeto do congresso, em que Deus falou há 25 anos. “Estamos fazendo 25 anos, mas há 25 anos atrás, Deus falou no meu coração, dizendo: Levanta um altar no meu nome, nessa região. Nós começamos um congresso pequeno, começou em Paraíso o primeiro e o segundo, e a partir daí nós viemos para Palmas. E cada ano Deus tem confirmado a sua palavra, e é só o começo. Aqui Deus tem restaurado jovens, curado, libertado multidões, e tem derramado uma unção profética sobre as gerações”, finalizou o Pastor.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.