Foto (1) (1)
(Foto: Polícia civil) Camisa ensanguentada de Natanael.

Encontram-se recolhidos na Central de Flagrantes da 11ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Pedro Afonso (11ª DRPC), Natanael Oliveira da Rocha, 38 anos, e Weliton Sales de Oliveira, 25. Eles foram autuados em flagrante neste domingo, 27, pelo crime de homicídio em desfavor da vítima Francisco Janes do Nascimento das Chagas, 34 anos.

Foto (2)
(Foto: Polícia civil) Welinton Sales, 25 anos.

Por volta das 06h40 da manhã deste domingo, 27, Natanael e Weliton, cada um portando uma faca, arrombaram a casa da vítima, entraram em luta corporal com a mesma e desferiram 17 golpes, sendo sete nas costas e dez na barriga, pescoço e rosto de Francisco.

De acordo com o delegado Marco Aurélio Barbosa Lima, para Natanael, o que motivou o crime teria sido uma ligação que a vítima havia feito à polícia militar reclamando do som alto do seu carro, que estava num bar próximo à casa da vítima. “Já para Weliton, o motivo do crime seria uma briga que havia tido há um tempo com Francisco, onde os dois teriam se agredido fisicamente”, completa o delegado.

VEJA TAMBÉM
Em visita a Câmara de Vereadores na manhã desta quarta-feira, Cláudia Lelis faz convite a vereadores
Foto (3)
(Foto: Polícia civil) Natanael Oliveira, 38 anos.

Weliton Sales De Oliveira foi preso escondido num matagal, horas depois do crime, em Pedro Afonso. Já Natanael Oliveira Da Rocha foi preso escondido dentro da casa de seu vizinho, onde também foi encontrada uma camisa ensanguentada. Os dois estão à disposição do Poder Judiciário na Central de Flagrantes da 11ª DRPC.

Ascom Sec. Segurança Pública

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.