Prefeito de Palmas, Carlos Amastha
Prefeito de Palmas, Carlos Amastha de olho no pastores

O grupo político do prefeito Carlos Amastha, sabedor do potencial do público evangélico em Palmas, que segundo dados do senso do IBGE, é de cerca de 40% da população, estão alistando pastores para se alinharem ao grupo para concorrem às eleições de outubro.

Segundo informações, Amastha já teria contabilizado cerca de sete pastores que poderão disputar votos nas urnas, em partidos ligados a base.  Na eleição em que foi alçado a prefeito de Palmas, uma pequena parte de pastores da capital apoiaram Amastha.

João Campos

Um dos alvos da gestão seria enfraquecer uma possível candidatura do vereador pastor João Campos à prefeitura de Palmas, dividindo lideres religiosos.  Sem estrutura, na eleição de deputado federal, João Campos alcançou a marca expressiva de quase 12 mil votos em Palmas.

Deputado Osires Damaso, presidente da Assembleia Legislativa
Deputado Osires Damaso, presidente da Assembleia Legislativa

PSC

Ao JM Notícia, o presidente da Assembleia Legislativa e presidente do PSC no Tocantins, afirmou que a pré-candidatura do vereador João Campos, é pra valer. “Não estamos brincando de candidatura a prefeito, vamos trabalhar para o partido assumir o Paço”, contou Damaso.

VEJA TAMBÉM
Amastha convoca base para reunião e vereador Iratã (PSD) não comparece

PRP

O Vereador Claudemir Portugal assina fichal de filiação hoje em evento do partido, na Câmara Municipal de Palmas, logo mais, às 19 horas.

PSDB

O vereador Major Negreiros desistiu de ir para o PSB do Prefeito Carlos Amastha, após anuncio de que o secretário Tiago Andrino, iria se filiar ao partido. Negreiros articular embarque no PSDB do Senador Ataídes Oliveira.

PCdoB

O vereador Waldson da Agesp deixou o PT – Partido dos Trabalhadores, que está com enorme desgaste no Brasil, devido a sucessivas denuncias de corrupção e articula para ir para um partido Comunista, ele que é evangélico, poderá dar um tiro no pé. Uma das bandeiras do partido, é a legalização do abordo, da maconha e a forte defesa pela ideologia de gênero.

Andrino vereador

Há cerca de um ano, o JM Notícia noticiou que o suplente de deputado Tiago Andrino poderia ser candidato a vereador. Na época, o JM Notícia foi atacado e desmentido pelo secretário Andrino, no entanto, as articulações dos últimos dias, apontam que de fato, ele poderá disputar uma cadeira no legislativo palmense.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.