UFTOJMPor Wédila Jácome e Gabriela Melo  

Pós-graduandos da Universidade Federal do Tocantins (UFT) estão desenvolvendo em março e abril, oficinas do Programa Escola Livre em Jornalismo. O projeto tem o intuito de criar uma cultura jornalística junto aos alunos do terceiro ano do ensino médio e divulgar a formação importância da acadêmica na área de jornalismo.

 Durante as oficinas, os jornalistas apresentam aos alunos as vertentes da profissão, estimulando a produção de materiais jornalísticos como vídeos, blogs, jornais, rádio e publicações em redes sociais. Os alunos, que em breve farão as suas escolhas acadêmicas, têm acesso a importantes informações sobre a profissão de forma prática, desenvolvendo materiais que os auxiliam na aprendizagem sobre comunicação e na percepção da realidade.

Cada oficina é desenvolvida por um grupo de três pessoas formado na disciplina de Comunicação e Jornalismo: contemporaneidade e formação profissional. Os temas foram escolhidos por áreas de interesse e atuação dos pós graduandos que têm repassado suas experiências, conhecimentos técnicos e sociais aos jovens que se aproximam do nível superior.

VEJA TAMBÉM
Prêmio Sistema Fecomércio de Jornalismo conta com palestra de Marcelo Canellas

 Para o coordenador do programa, professor doutor Gilson Porto, a iniciativa chega para aproximar a comunidade acadêmica de comunicação social aos alunos das escolas públicas com o foco na popularização do saber por esta área do conhecimento. “As oficinas desenvolvidas por nossos pós-graduandos aliam ensino e pesquisa em comunicação e jornalismo, e são essenciais no estímulo à formação de novas gerações em comunicação e jornalismo”, ressaltou o coordenador.

Até o momento, duas escolas já receberam as oficinas: CEM Tiradentes na 806 Sul e Escola Estadual Vila União na 307 Norte, e outras duas escolas já estão agendadas para a próxima semana. A próxima quinta-feira, 07, é a vez dos alunos do Colégio Madre Belém receber a oficina de Jornalismo nas Redes Sociais, e na sexta-feira, 8, uma nova turma do terceiro ano no ensino médio do Cem Tiradentes participa da oficina Repórter por um Dia, com a produção de vídeos feitos através de Smartphone.

 Sobre o Programa

 O ‘Programa Escola Livre de Jornalismo’ tem como objetivo aproximar a comunidade acadêmica de comunicação social/jornalismo das escolas públicas, com foco no ensino de jornalismo e na prática jornalística, visando a publicização e popularização do que é desenvolvido por essa área do saber.

VEJA TAMBÉM
Oficina de jornalismo incentiva alunos a produzirem vídeos voltados à educação para o trânsito

 Por meio de atividades formativas, pretende-se criar uma cultura jornalística junto aos alunos das escolas públicas visando a importância da formação de profissionais conscientes e responsáveis diante do poder da comunicação e a relevância da profissão. O projeto pretende também fortalecer a divulgação científica e a formação na área de jornalismo ao mesmo tempo em que se aproximam docentes, discentes da UFT e estudantes das escolas públicas.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.