FOTO 1 - Adilvan Nogueira
(Foto: Adilvan Nogueira) A expectativa é que os atendimento iniciem no final do mês de junho.

Uma parceria entre a Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc) e o grupo Energisa irá levar a 700 estudantes do Bico do Papagaio exames oftalmológicos gratuitos. O termo de cooperação técnica entre as duas entidades foi assinado na tarde desta segunda-feira, 4, com a perspectiva de início dos atendimentos para o final do mês de junho nos municípios de Araguatins, Buriti do Tocantins, Augustinópolis e Praia Norte.

O objetivo do projeto, chamado Caravana da Visão, é possibilitar a crianças de cinco a dez anos e alunos da Educação de Jovens e Adultos (EJA) exames oftalmológicos, além de encaminhamentos em caso de necessidade de tratamentos complexos.

“Ele tem como finalidade levar consulta médica às crianças que estão em escolas públicas em áreas carentes. A equipe técnica vai até o local, é feita uma seleção do público-alvo e quando há necessidade de atendimento, descoberta alguma doença como o glaucoma, por exemplo, é dado o encaminhamento”, explicou Alan Kardec Ferreira Moreira, diretor de Relações Interinstitucionais do grupo Energisa.

VEJA TAMBÉM
Golpe: Familiares de presos recebem telefonema de falso promotor que pede dinheiro em troca de liberdade

O consultório móvel para o atendimento às crianças será montado em um caminhão da empresa energética. Todas as despesas com médicos, material para exames e equipes técnicas serão de responsabilidade da Energisa, conforme o termo de cooperação técnica assinado nesta tarde.

FOTO 2 - Adilvan Nogueira
(Foto: Adilvan Nogueira) Adão Francisco e Alan Kardec assinam o termo de cooperação técnica que levará atendimento oftalmológico a alunos do Bico.

“Vamos montar um consultório itinerante em nosso caminhão que faz o programa de eficiência energética no Estado e vamos levar esse caminhão até quatro municípios da região do Bico do Papagaio. Nesse caminhão vai ter todos os equipamentos de um consultório oftalmológico para o atendimento das crianças do ensino fundamental e de adultos da EJA”, destacou a analista de Responsabilidade Social do grupo, Tereza Rodrigues.

Para o secretário Adão Francisco de Oliveira, os exames, além do cuidado que será levado aos alunos do Bico do Papagaio, possibilitará a identificação de doenças oculares que podem ser a causa de dificuldades no aprendizado pelas crianças.

VEJA TAMBÉM
Marcelo Miranda inaugura obras e recupera rodovias que integram cidades do Bico neste sábado

“Um dos problemas que nós temos na educação e que é muito marcante, diz respeito ao déficit de aprendizagem e um dos elementos base dessa dificuldade é justamente o problema de visão. Os problemas oftalmológicos podem ser colaboradores para o insucesso escolar. Corrigir esses problemas é de extrema importância para a gente reduzir essa dificuldade”, destacou.

Ainda segundo o documento assinado entre Seduc e Energisa, caberá à Pasta a divulgação da Caravana junto às Diretorias Regionais de Educação (DRE), escolas e alunos. Além disso a Seduc deverá selecionar a escolar em que o consultório móvel ficará estacionado e realizar a triagem dos estudantes que receberão o atendimento médico.

“Sobre a região do Bico do Papagaio, é uma região com extrema dificuldade pela falta de especialistas. O projeto que leva os especialistas às escolas para fazer esse atendimento é uma solução muito importante”, completou Adão Francisco.

Ascom

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.