ANP-7063
(Divulgação) Vasilhames e tanques que serviriam para o armazenamento de produtos inflamáveis.

Uma operação conjunta do Ministério Público Estadual (MPE), Agência Nacional do Petróleo (ANP), Corpo de Bombeiros e Procon/TO, realizada nesta quarta-feira, 06, resultou na autuação e notificação empresas que prestam serviços de guarda barcos (marinas) na orla do Lago de Palmas.

Ao todo, quatro estabelecimentos foram fiscalizados. Foram encontrados, nesses locais, vasilhames e tanques que serviriam para o armazenamento de produtos inflamáveis. Os proprietários das marinas confirmaram que são responsáveis pelo transporte de combustível dos postos até suas empresas, onde fazem o abastecimento das embarcações que ficam sob suas guardas.

De acordo com os órgãos de fiscalização, todas as empresas vistoriadas foram autuadas e notificadas sobre a violação das normas de armazenagem e revenda de combustível. Os empresários têm 15 dias para regularizar a situação, sob pena de multa e interdição do empreendimento.

ANP-7050
(Divulgação) Ao todo, quatro estabelecimentos foram fiscalizados.

Postos de Combustíveis

Desde segunda-feira, 04, MPE, ANP, Procon/TO e Corpo de Bombeiros realizam operação em 15 postos de combustíveis de Palmas. A ação É coordenada pelo Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Justiça do Consumidor (Caop do Consumidor). Na inspeção dos postos, foram coletadas amostras de combustíveis para análise laboratorial. De acordo com os especialistas, as análises preliminares não indicaram adulteração dos produtos.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.