politica-senado-camara-parlamentares-processos-romero-juca-20120717-05-original
(Agência Câmara/Divulgação Veja) Romero Jucá (PMDB-RR), 2º vice-presidente do Senado, enviou à Comissão de Ética pedido de expulsão dos ministros.

Recém-empossado presidente nacional do PMDB e encarregado de elevar o tom do partido contra o governo Dilma, o senador Romero Jucá (RR) encaminhou à Comissão de Ética e Disciplina da legenda os pedidos de expulsão dos ministros Kátia Abreu (Agricultura) e Celso Pansera (Ciência e Tecnologia) dos quadros da sigla. Os dois responderão, ao lado do também ministro da secretaria de Aviação Civil, Mauro Lopes, por desobediência às decisões do Diretório e da Convenção Nacional peemedebista.

O pedido de expulsão dos dois leva em conta a decisão do PMDB de deixar a base aliada do governo Dilma Rousseff. Agora cabe ao presidente da Comissão de Ética, Eduardo Krause, designar relatores para analisar o caso dos filiados do partido. Os demais ministros peemedebistas que insistem em permanecer no governo – Marcelo Castro (Saúde), Helder Barbalho (Portos) e Eduardo Braga (Minas e Energia) – não são alvo de representações com pedidos de expulsão porque nenhum diretório regional pediu que eles deixassem a sigla.

VEJA TAMBÉM
OAB realiza audiência pública para debater o ensino de gênero e diversidade nas escolas de Palmas
size_810_16_9_katia_abreu
(Divulgação) Ministra da Agricultura Kátia Abreu.

O pedido de expulsão da ministra Kátia Abreu foi apresentado pelo diretório do PMDB na Bahia. O de Celso Pansera, pelos diretórios regionais do Acre, Santa Catarina e Espírito Santo. Mauro Lopes já responde a processo por falta ética porque assumiu o cargo no governo mesmo depois de a convenção partidária ter aprovado no dia 12 de março proibição para que os filiados ocupassem postos no governo federal.

Dos sete ministros do PMDB, apenas o do Turismo, Henrique Eduardo Alves, aliado do vice-presidente Michel Temer, deixou o governo depois da decisão da sigla de abandonar a base aliada.

Informações Veja- Laryssa Borges

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.