SONY DSC
Cleiton Pinheiro lembrou também da importância da participação das entidades na discussão do IGEPREV. Foto:Divulgação

Presidentes de entidades sindicais e de associações de militares estiveram reunidos na manhã desta terça-feira, 12, com o presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa, deputado Nilton Franco.

Na reunião as entidades manifestaram preocupação com projetos encaminhados pelo Governo do Estado e fazem alterações na Lei do Instituto de Gestão Previdenciária do Tocantins (IGEPREV). As entidades exigem que, qualquer alteração no IGEPREV seja previamente discutida com as entidades classistas. Nilton Franco assumiu o compromisso de não analisar os projetos de Lei 08 e 09 sem que as entidades sejam ouvidas a respeito das mudanças.

O presidente do Sindicato dos Servidores Públicos no Estado do Tocantins (SISEPE-TO), Cleiton Pinheiro, informou ao deputado a respeito da conversa que as entidades tiveram com a líder do Governo, na Assembleia, deputada Valderez Castelo Branco.

Nesta reunião Valderez disse que o presidente do Instituto está à disposição das entidades para discutir qualquer assunto que envolva o IGEPREV. “A deputada Valderez vai agendar uma reunião das entidades com o presidente do IGEPREV para possamos apresentar nossas preocupações e a proposta para o Instituto de Gestão Previdenciária”, informou o presidente do SISEPE-TO.

VEJA TAMBÉM
MP instaura inquérito civil para apurar possível imbrobidade administrativa do Governador Marcelo Miranda

Cleiton Pinheiro lembrou também da importância da participação das entidades na discussão do IGEPREV.  “Somos os principais interessados que o IGEPREV seja bem gerido uma vez que é   a nossa aposentadoria que está em jogo. Não vamos admitir que haja qualquer alteração no Instituto sem que ela seja amplamente discutida com as entidades classistas”, destacou o presidente do SISEPE-TO. (Assessoria de Comunicação Social – Antonio da Luz)