Da Redação JM Notícia

marcelo-miranda1

O Governador Marcelo Miranda afirmou ainda no início do ano, que a palavra de ordem para 2016, é a contenção de gastos. Na época, o Governo não tinha conseguido pagar o 13º dos servidores.

Mesmo sem convocar os aprovados do Concurso da Polícia Civil e da Defesa Social, o Governo continua contratando, conforme publicação desta sexta-feira (15), no Diário Oficial do Estado.

Na lista de novos servidores constam os seguintes nomes:

MARIA DO ROSÁRIO FERNANDES DE ABREU, SAMARA DA COSTA NEGREIROS, NATAN HENRIQUE PINHEIRO LACERDA, ANNE CARLOS DA SILVA, RAFAEL FERNANDES PINHEIRO DOS SANTOS, NELZIRÉE VENÂNCIO DA FONSECA

Defesa Social

Um levantamento realizado pela Promotoria de Justiça do Patrimônio Público da Capital apontou que o órgão possui, atualmente, 745 servidores temporários. No entanto, o Estado ainda não convocou os aprovados no certame.

A 9ª Promotoria de Justiça da Capital, então ajuizou na última quarta-feira, 13, Ação Civil Pública (ACP) com pedido de Liminar (tutela de urgência) para que o Governo exonere os servidores contratados, em caráter temporário, dos quadros da Secretaria da Defesa Social e Segurança Penitenciária e dê continuidade ao Concurso Público para provimento dos cargos do quadro da Defesa Social e Segurança Penitenciária do Estado do Tocantins.

VEJA TAMBÉM
TSE julga hoje ação que pode cassar Marcelo Miranda pela segunda vez

Para o presidente do SINPOL-TO, “isso é uma discrepância, já estamos estamos alertando essa situação há muito tempo”, disparou Moisemar Marinho.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.