0b2bc799-5049-477c-b25c-16114e640847

Ataídes Oliveira afirma que impeachment já tem 56 votos favoráveis no Senado . Foto: Daniel Bezerra/AscomPSDB/Arquivo

A decisão da Câmara dos Deputados de autorizar abertura de processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff representa, para o senador Ataídes Oliveira, o início de um “novo tempo” para o país. Por meio de redes sociais, o parlamentar se manifestou sobre o resultado da votação, ocorrida domingo, 17.  “O povo e a Câmara Federal fizeram a sua parte, agora é com o Senado Federal. Farei tudo para extirpar estes malfeitores do poder. Impeachment já!”, disse.

65b64176-f03a-4e9e-8a4f-d1aec96226f6

Senador Ataídes durante debate realizado na Centro Universitário Luterano de Palmas (Ulbra), em Palmas, sexta-feira, 15. Foto: Daniel Bezerra/AscomPSDB/Arquivo

Logo depois do 342º voto, que, conforme o regimento, garantiu matematicamente a abertura do processo, o senador publicou: “342 votos SIM!!!! Viva a democracia, viva o Brasil!!! O dia de hoje é o início de um novo tempo, em que não haverá mais lugar para a mentira, para a irresponsabilidade e a corrupção!”.

Foram mais de dez horas de sessão. A abertura do processo foi aprovada por 367 votos a favor e 137 contra. Dois deputados não compareceram e foram registradas sete abstenções. Agora, a discussão parte para o Senado. A primeira votação no Senado é para decidir se há concordância ou não com a instauração do processo. Para avançar, são necessários 41 votos dos 81 parlamentares que integram o Senado. “Já temos a maioria para cassar Dilma. Hoje, são 56 votos a favor já garantidos”, declarou Ataídes Oliveira.

VEJA TAMBÉM
Em Barra do Ouro, Ataídes defende que fortalecimento do Estado só ocorre com valorização dos municípios

Na manhã desta segunda-feira, 18, o senador ratificou, como apresentou durante debate realizado na Centro Universitário Luterano de Palmas (Ulbra), em Palmas, sexta-feira, 15, os crimes cometidos por Dilma e que embasaram o pedido de impeachment aprovado na Câmara. “Além dos crimes de responsabilidade, o PT quebrou o país, arruinou a economia e provocou nos diversos setores da economia a estagnação, o desemprego que hoje atinge 20 milhões de pessoas. Outro aspecto é que este governo perdeu a credibilidade no meio político, no meio empresarial e nas ruas”, complementou. (Assessoria)

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.