2118798470-oracao-estados-unidos (1)

No mesmo dia em que a presidente Dilma Rousseff pregava a existência de um golpe de Estado em curso contra seu mandato, em Nova Iorque, deputados americanos dos partidos Republicano e Democrata disseram, por carta, terem orado pela nação brasileira.

A carta foi enviada depois da visita do presidente da Comissão de Relações Exteriores do Senado, Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP) aos Estados Unidos, onde se encontrou com autoridades americanas, para neutralizar o discurso do golpe feito por Dilma e aliados.

A correspondência enviada ontem ao Congresso brasileiro é assinada pelo republicano Robert B. Aderholt , do Alabama, pelo presidente da Subcomissão de Agricultura da Câmara dos Representantes, e pelo democrata Juan C. Vargas, Califórnia, membro do comitê de Administração da Câmara.

“Nossos pensamentos estão com vocês e saibam que nos importamos e estamos orando por vocês”. Leia a íntegra da carta:

“Aos membros do Senado Federal e da Câmara dos Deputados do Brasil. Recebam os cumprimentos e saudações calorosas dos nossos amigos do Congresso dos Estados Unidos.

VEJA TAMBÉM
Dilma diz que recebeu com indignação abertura de processo de impeachment

Esta manhã, no Capitólio dos Estados Unidos, membros dos Partidos Democrata e Republicano da Câmara de Representantes se reuniram e oraram pela nação e povo do Brasil. Temos confiança de que vocês serão encorajados e fortalecidos ao se honrarem mutuamente na amizade nestes tempos difíceis e desafiadores. Temos esperança e confiança na democracia brasileira e em que as instituições brasileiras terão a sabedoria de conduzir o país rumo a dias melhores no marco da lei para todo o povo. Nossos pensamentos estão com vocês e saibam que nos importamos e estamos orando por vocês. Cordialmente, Most Sincerely”.

Com informações O Globo
COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.