O pastor e deputado federal Marco Feliciano (PSC) levou uma mensagem do vice-presidente da república Michel Temer (PMDB) ao público do 34º congresso Gideões Missionários da Última Hora na noite deste sábado (30), em Camboriú. Ele pediu orações, por ele e pelo país.

Na mensagem, gravada em um vídeo de dois minutos, Temer fala em pacificação do país. O vice-presidente (chamado antecipadamente de presidente por Feliciano), disse que “nos últimos tempos tem sido muito pregado a desunião do Brasil, ou seja, brasileiros contra brasileiros, que na verdade desautoriza qualquer proposta de harmonia em nosso país”.

Ele ainda afirmou que é religioso e quer fazer uma “religação” dos brasileiros. “E nós que somos religiosos – e eu tomo a liberdade de dizer que a palavra religião vem de religo, religar -, nós todos, eu e o pastor Marco Feliciano, queremos fazer uma religação dos brasileiros. E para tanto, é preciso muita oração.”

Depois da mensagem, Feliciano afirmou que dentre 15 ou 20 dias “esse homem vai assumir a presidência do Brasil”. Para que isso aconteça, o relatório da Comissão Especial do Senado precisa ser aprovado dentro da comissão por maioria simples e depois no plenário por dois terços dos senadores.

VEJA TAMBÉM
Temer recebe Comitê Organizador da 24ª Conferência Mundial Pentecostal

Caso isso aconteça, Dilma será afastada do cargo por 180 dias, então Temer assume, enquanto o processo de impeachment é comandado pela Casa.

Com informações Click Camboriú

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.