O pastor e deputado federal Marco Feliciano (PSC) levou uma mensagem do vice-presidente da república Michel Temer (PMDB) ao público do 34º congresso Gideões Missionários da Última Hora na noite deste sábado (30), em Camboriú. Ele pediu orações, por ele e pelo país.

Na mensagem, gravada em um vídeo de dois minutos, Temer fala em pacificação do país. O vice-presidente (chamado antecipadamente de presidente por Feliciano), disse que “nos últimos tempos tem sido muito pregado a desunião do Brasil, ou seja, brasileiros contra brasileiros, que na verdade desautoriza qualquer proposta de harmonia em nosso país”.

Ele ainda afirmou que é religioso e quer fazer uma “religação” dos brasileiros. “E nós que somos religiosos – e eu tomo a liberdade de dizer que a palavra religião vem de religo, religar -, nós todos, eu e o pastor Marco Feliciano, queremos fazer uma religação dos brasileiros. E para tanto, é preciso muita oração.”

Depois da mensagem, Feliciano afirmou que dentre 15 ou 20 dias “esse homem vai assumir a presidência do Brasil”. Para que isso aconteça, o relatório da Comissão Especial do Senado precisa ser aprovado dentro da comissão por maioria simples e depois no plenário por dois terços dos senadores.

VEJA TAMBÉM
Brasil está superando a crise econômica, diz Temer na reunião do Brics

Caso isso aconteça, Dilma será afastada do cargo por 180 dias, então Temer assume, enquanto o processo de impeachment é comandado pela Casa.

Com informações Click Camboriú

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.