DSC_0275“E é assim que acreditamos que a política deva ser feita, com participação popular, com atitude é que fazemos a diferença” disse Joaquim Maia. Foto: Divulgação

Neste sábado, 30, a 9ª edição do Movimento Ouvindo a Nossa Cidade, do PV, passou pelos bairros Novo Planalto, Granville, Jardim Planalto e Parque da Liberdade. Mais uma vez o Partido Verde, que tem à frente o presidente Joaquim Maia, ouviu a comunidade que vem colaborando a cada edição do Movimento com críticas e sugestões para a formação de um plano de governo que será apresentado nas próximas eleições.

O Movimento teve início com a oração do Pastor Josimar Rocha, da Igreja Assembleia de Deus, Ministério de Anápolis , para logo em seguida ouvir as palavras do presidente do PV de Porto Nacional, Joaquim Maia, que explicou a dinâmica do Movimento. “Estamos percorrendo todos os setores para ouvir a população, onde estamos tendo a oportunidade de ouvir suas expectativas, suas demandas, de como vocês entendem que deva ser a administração de Porto Nacional. O PV quer uma administração pública direta com o povo.” Disse Joaquim Maia.

VEJA TAMBÉM
Em grande encontro com familiares, Joaquim Maia recebeu apoio à sua pré-candidatura a prefeito

Participações

Com o microfone liberado para a comunidade, o Movimento contou com mais de 25 intervenções das pessoas presentes. E, mais uma vez, a falta de segurança e os problemas na saúde do município lideraram as críticas. Crescente também se observa a rejeição à reeleição para o Executivo.

Finalizando

Ao final, após ouvir da comunidade várias sugestões, o presidente do PV, Joaquim Maia, fez uso da palavra: “Essa noite marcou muito o nosso Movimento, suas reivindicações são válidas e temos ouvido reclamações como as de hoje em todos os setores que passamos. E é assim que acreditamos que a política deva ser feita, com participação popular, com atitude é que fazemos a diferença. Nossa caminhada está apenas começando. Foi muito proveitoso, daqui levamos suas sugestões que vão fazer parte do nosso programa de governo. Vamos transformar Porto Nacional!”

 

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.