Da Redação JM Notícia

REDE-AMASTHA
Rafael Boff, momento em que assumia a Secretaria de Energias Sustentáveis (Foto: Valério Zelaya)

O partido Rede Sustentabilidade no Tocantins divulgou nota à imprensa, afirmando que o partido em Palmas, após consulta em plenária de filiados, se declarou oposição à gestão do Prefeito Carlos Amastha.

Segundo a nota, a gestão do prefeito Amastha “adotou uma série de medidas impopulares, fez pouco caso da transparência pública, apregoada nos primeiros meses de administração, e adotou um comportamento de falta de diálogo com o legislativo municipal, com as organizações sindicais ou associativas representativas dos servidores públicos e, de forma mais cristalizada, com as entidades civis organizadas da cidade”.

O partido lembrou ainda, que não possui nenhum membro de seus quadros partidários nomeado na gestão Amastha, ocupando cargo de confiança de primeiro ou segundo escalão. A Rede informou também, que prepara um documento denominado de “REDEsenhando Palmas” a ser lançado em breve, com a presença da porta-voz nacional do Rede, Marina Silva.

O Rede Sustentabilidade chegou a ocupar cargos no primeiro e segundo escalão do governo municipal em novembro de 2015, quando o então prefeito criou a Secretaria extraordinária de Energias Sustentáveis para abrigar Rafael Boff, um dos lideres da legenda.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.