Da Redação

90816e33-4d8b-42e4-a4d6-7736993e7d34A celebração do Jubileu de Prata da PIB de Palmas tem como slogan “25 anos, vivendo o amor de Cristo”. Foto: Divulgação

Fundada em 11 de maio de 1991, a Primeira Igreja Batista de Palmas (PIB de Palmas) inicia, no próximo dia 13 (sexta-feira) as comemorações em função de seu Jubileu de Prata (25 anos), marcado pela ação missionária e evangelizadora na Capital do Tocantins. Há 25 anos, a mais nova capital do Brasil recebia oficialmente sua primeira igreja batista.

Para celebrar a data, os membros da igreja, congregados, autoridades e amigos convidados vão participar de cultos nos dias 13 (sexta-feira) à noite, sábado à noite – sempre a partir das 19h30 e no domingo pela manhã (9h) e no período noturno (a partir das 19h).

40e91c34-c86a-4fdb-9237-1131d2b577c9A Primeira Igreja Batista de Palmas (PIB de Palmas) foi fundada em 11 de maio de 1991. Foto: Divulgação

Na sexta-feira a programação terá a participação do Ministério Carta Sonora, oriundo de Uberlândia (MG). O casal Ivan e Elisangela vão entoar diversas canções de louvor a Deus. O Ministério Carta Sonora tem dois CDs gravados.

No sábado à noite, domingo pela manhã e à noite, o pastor Eli Fernandes, da Igreja Batista da Liberdade (SP) trará reflexões celebrativas e baseadas na Bíblia. O pr. Eli Fernandes estará no Tocantins já a partir desta quinta-feira (12), ministrando palestras sobre Despertamento Vocacional, a cargo da Convenção Batista do Tocantins, nas cidades de Palmas e Araguaína.

A celebração do Jubileu de Prata da PIB de Palmas tem como slogan “25 anos, vivendo o amor de Cristo”. Não é fácil, pois a igreja é formada por pessoas das mais diversas culturas reunidas por Cristo, imperfeitas, mas que aprendem com Jesus e são por Ele transformadas.

Ações sociais e de evangelização

A igreja é ativa nas ações conjuntas realizadas pelos batistas no Tocantins. Tem realizado trabalhos na área de ensino da Bíblia por meio de conferências teológicas e pela Escola Bíblica Dominical (EBD). Na área social tem realizado parcerias com entidades não-religiosas e da sociedade civil organizada como a Casa 8 de Março, Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) e Serviço Social do Comércio (Sesc), com oferta de cursos profissionalizantes utilizando as dependências da igreja e do prédio de Educação Religiosa. O Ministério de Ação Social mantém regular distribuição de cestas de alimentos, roupas e objetos.

VEJA TAMBÉM
Primeira Igreja Batista em Palmas se prepara para celebrar os seus 25 anos

Mantém trabalhos missionários na 612 Sul (Arse 65), onde funciona a Congregação Batista Nova Vida; no setor Janaína/Lago Sul; em Luzimangues (Porto Nacional); Brejinho de Nazaré, Novo Acordo, Aparecida do Rio Negro, Dois Irmãos e São Félix do Jalapão. Atualmente estuda uma parceria com a Associação Cristã Jovens de Valor (de Paraíso do Tocantins), que trabalha com a recuperação de jovens dependentes de substâncias químicas. A igreja ainda apoia trabalhos sociais como o Lar Batista F. F. Soren, em Luzimangues, que abriga crianças e adolescentes em situação de risco há mais de 70 anos.

Tais ações são apenas algumas das realizadas pela PIB de Palmas, todas desenvolvidas e aprovadas por seus membros, das quais todos podem tomar contas nas assembleias administrativas da igreja; ações baseadas no evangelho da cruz, sem promessas que não se possam cumprir, sem barganhas ou afirmações infundadas na Bíblia.

Histórico

A Primeira Igreja Batista de Palmas teve sua fundação no dia 11 de maio de 1991, quando havia ainda muita poeira e capim colonião na quadra 504 Sul, onde está localizada. A organização da igreja foi iniciativa da Junta de Missões Nacionais da Convenção Batista Brasileira, ao enviar o casal, pastor Eliziário Cândido da Silva e irmã Elnice Holanda da Silva ao Tocantins, onde já havia missionários batistas trabalhando, como a professora e missionária Margarida Lemos Gonçalves.

Tal iniciativa visava criar oportunidades para que os habitantes do recém-criado Estado do Tocantins, especialmente os moradores de Palmas, pudessem ouvir, entre o alarido da cidade nascente, as vozes que contam sobre Cristo.

As notícias dos feitos de Jesus são a finalidade da Igreja. Divulgá-las, dar a todos a possibilidade de ouvi-las é sua missão. Esse é o sentido da PIB de Palmas: comunicar o que Cristo fez e como isso afeta a vida das pessoas.

Dar as notícias sobre Jesus, no entanto, está além de dizer “Jesus te ama” e por isso morreu para salvar o mundo. É preciso amar mesmo e mostrar o caminho que Jesus abriu até Deus, trilhando esse caminho.

VEJA TAMBÉM
Seminário Teológico Batista do Tocantins formou mais 21 alunos

Por isso a PIB de Palmas adotou para seu 25º aniversário o tema “25 anos – Vivendo o amor de Cristo”. São pessoas assim imperfeitas, que integram a PIB de Palmas, mas buscam ao longo de sua caminhada com Cristo aprender dEle e contar o que Ele fez, demonstrando o que significa “aceitar Jesus”.

Aceitá-lo representa reconhecer que Ele é o Filho de Deus e fazer o que ele fazia: amar ao próximo, mesmo em um mundo individualista. É dar do próprio tempo em favor dos outros, ouvir suas alegrias e tristezas, ajudar financeiramente quando necessário. Aceitar Jesus é criar oportunidades para que os outros cresçam e se desenvolvam física, espiritual e culturalmente, e tolerar com paciência as falhas, que todos temos, esperando que ao tempo de Deus todos amadureçam.

Por tudo isso, é com alegria que a Primeira Igreja Batista de Palmas completa 25 anos, crendo que é Deus quem lhe dá crescimento, direção e sustento, e que o Senhor é dono dessa obra.

Pastores 

A Primeira Igreja Batista de Palmas é atualmente pastoreada pelo pr. Édison Lima Batista, natural de São Bernardo do Campo (SP), casado com Isabel e pai de Marília e Milena.

Em seus 25 anos, a PIB de Palmas teve sete pastorados. O Pr. Eliziário Cândido da Silva foi fundador e primeiro pastor efetivo da igreja, permanecendo seu líder até 1996; atualmente é pastor emérito da PIB de Palmas. Em seguida, o missionário norte-americano Pr. Benjamim Edgar Hope, que cooperou como pastor interino de outubro de 1996 a julho de 1997, seguido pelos pastorados efetivos do Pr. Melquisedeck Barbosa dos Santos, de 1998 a 2000, do Pr. Max Mauro Tavares Portes, de 2001 a 2005, e do Pr. Diogo Souza Magalhães, que respondeu efetivamente de 2008 a 2015. O pastor atual, Pr. Édison Lima Batista, assumiu em 1º de novembro de 2015.

Mais fotos:

Com informações Assessoria PIB de Palmas

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.