porto-nacional
O Jornal do Tocantins entrou em contato com a assessoria do Paulo Mourão, hoje deputado Estadual, e foi informada que o deputado aguarda alguns documentos para se posicionar.

Policiais Federais (PF) cumpriram um mandado de busca e apreensão na prefeitura de Porto Nacional, a 52 km de Palmas. O mandado veio a pedido do Supremo Tribunal Federal (STF), p e pede documentos referentes a informações Técnicas nº153/2015 dos processos licitatórios 002/2006, 002/3007, 003/2007 e 005/2008.

Conforme o secretário de comunicação de Porto Nacional, Edvaldo Rodrigues, os policiais chegaram e fecharam a prefeitura enquanto faziam as buscas. Segundo ele, o mandado pedia documentos referentes aos processos licitatórios que foram realizados a partir de recursos federais liberados pela Fundação Nacional de Saúde (Funasa) nos anos de 2005 a 2008, durante o mandato do ex-prefeito Paulo Mourão.

O secretário disse que não foi informado de qual era a acusação feita pelo SFT para a busca dos documentos. Mas, informou que a prefeitura liberou todos os documentos que os policiais pediram.

CGU

O mandado do STF atende um pedido da Controladoria-Geral da União (CGU) para investigar supostas irregularidades nos contratos de saneamento.

Com informações Jornal do Tocantins

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.