Wanderlei ironiza ação de Amastha sobre ação judicial: “Por que ele não pediu cestas básicas”
Wanderlei ironiza ação de Amastha sobre ação judicial: “Por que ele não pediu cestas básicas”

O deputado estadual Wanderlei Barbosa (SD) comentou na tarde desta quinta-feira (02), ao JM Notícia, que foi pego de surpresa ao saber que está sendo processado pelo Prefeito Carlos Amastha, após efetuar várias denuncias na tribuna da Assembleia Legislativa, no exercício do seu mandato parlamentar, no dia 24 de maio.

Em seu pronunciamento, Wanderlei Barbosa afirmou que Amastha estaria desviando dinheiro para o sul do Brasil, para fazer faculdade na Colômbia e shoppings pelo País. O parlamentar ainda afirmou que o prefeito estaria fraudando licitação e que teria desviado mais de R$ 30 milhões do município.

AÇÃO DE INDENIZAÇÃO

Leandro Manzano, advogado de Amastha, ajuizou duas ações contra o parlamentar, sendo uma criminal e outra indenizatória na qual pleiteia reparação no valor de R$ 100 mil reais. Na ação criminal, o prefeito requer a condenação nas penas previstas no artigo 138 do Código Penal (calúnia).

Na ação, Manzano descreveu as acusações que pesam contra Wanderlei Barbosa:

“O QUANTO VAMOS PAGAR EM CONTRIBUIÇÃO PARA QUE O AMASTHA DESVIE OS DINHEIROS DESSA CIDADE PARA O SUL DO PAÍS, PRA FAZER FACULDADE NA COLÔMBIA E PRA FAZER SHOPPING PELO BRASIL AFORA”.

Manzano acrescentou ainda, que o prefeito Carlos Amastha “teve a sua reputação desmoralizada, diante da falsa imputação de fato criminoso, que pela sua gravidade, originou, sem dúvida, intensa e séria repercussão”.

VEJA TAMBÉM
Para Wanderlei Barbosa, empréstimo de quase R$ 500 milhões que Amastha quer contrair é imoral

Wanderlei comenta

“Fui pego de surpresa, no entanto, não tenho nenhuma preocupação. Por que ele não pediu cestas básicas para distribuir as famílias carentes de Palmas? Ele tenta de todas as formas descapitalizar as famílias palmenses com taxas, impostos, contribuições etc”.

Barbosa acrescentou que não irá retirar nenhuma palavra: “Tudo que falamos está sendo investigado pelo Ministério Público e foi noticiado pela imprensa. Não retiro nenhuma palavra”.

Conferir ação na AÇÃO-1

Veja abaixo o pronunciamento do deputado Wanderlei Barbosa:

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.