Por Mara Nascimento

Casa do Julgamento começa nesta quinta-feira, 02
Casa do Julgamento começa nesta quinta-feira, 02

Já está tudo pronto para o início das apresentações do maior espetáculo teatral do Tocantins. Casa do Julgamento abrirá as portas ao público nesta quinta-feira, 02, a partir das 19h. As apresentações acontecem nos dias 2, 3, 4, 5, 9, 10 e 11 de junho. Na quinta e na sexta, começa às 19h, no sábado e no domingo, começa às 18h.

Casa do Julgamento é considerado o maior espetáculo teatral interativo do Tocantins, contando com uma equipe de 450 pessoas, todos voluntários. Esta é a quarta vez que a peça será apresentada em Palmas e espera receber um público de 3 mil pessoas.

Encenação

A história traz um drama familiar, abordando  várias questões ligadas à ética, alcoolismo e imprudência no trânsito, questões em debate na sociedade contemporânea, levando o público a refletir sobre o resultado de suas ações.

A casa conta com oito cenários que serão visitados pelo público durante 1 hora de apresentação. Grupos de 30 pessoas entram na casa para assistir ao espetáculo a cada 10 minutos.

Projeto Social

VEJA TAMBÉM
Colégio Presbiteriano Mackenzie chega a Palmas e será inaugurado nesta quinta, 15

A proposta da Casa do Julgamento é levar uma mensagem a todas as pessoas e a equipe trabalha para que ninguém deixe de assistir por alguma limitação. Todos os espaços foram pensados para o trânsito de cadeirantes e há uma equipe de guias que vai acompanhar deficientes auditivos, apresentando a peça em libras.

Além disso, o espetáculo não visa fins lucrativos. O ingresso custa 1kg de alimento não perecível e os alimentos arrecadados serão destinados à Fazenda da Esperança, Lar Batista F. F. Soren eCasa de Recuperação Jovens de Valor.

Serviço

O que: Teatro Casa do Julgamento

Quando: 2 a 5 e 9 a 11 de junho

Onde: Sibapa, na 208 Sul.

Ingresso: 1kg de alimento não perecível

Pontos de troca: Sibapa e Supermercado Quartetto do Palmas Shopping.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.