128618c8-e14f-4c90-bee3-ac089c798bedMais de 150 pessoas marcaram presença no evento. Foto: Divulgação

No último sábado, 4, o pré-candidato a vereador de Porto Nacional pelo PV, morador de Luzimangues, Pim Júnior, recebeu em sua casa mais de 150 pessoas, destas, 72 assinaram a ficha de filiação no Partido Verde.

As fichas de filiações foram abonadas pelo presidente do Partido Verde de Porto Nacional e pré-candidato a prefeito Joaquim Maia.

Pim Júnior demonstrou grande liderança no distrito de Luzimangues. “Quero agradecer a todos que atenderam ao nosso convite e dar as boas vindas aos novos pevistas que hoje tiveram aqui as suas fichas abonadas pelo nosso presidente Joaquim Maia. Estou no Partido Verde há 12 anos por acreditar em sua ideologia e entender que o PV tem as condições necessárias para promover as mudanças que Luzimangues e Porto Nacional tanto precisam.” Disse Pim Júnior. Na vida pública há 16 anos, atualmente Pim Júnior é assessor parlamentar do deputado Jorge Frederico e militante ativo na defesa dos direitos dos moradores de Luzimangues, onde tem se destacado pelos trabalhos na área social.

VEJA TAMBÉM
Em Porto Nacional, Otoniel Andrade (PR) inicia transição de Governo; Joaquim Maia é recebido

28ec933f-b406-4701-936d-fe68add8162cPim Júnior e Joaquim Maia com novos filiados. Foto: Divulgação

O pré-candidato a prefeito Joaquim Maia parabenizou Pim Júnior pela conquista de novas filiações e a todos que optaram por ingressar no Partido. “A filiação destes 72 novos filiados ao PV reforça ainda mais a nossa luta por um Luzimangues melhor. Como pré-candidato a prefeito temos ouvido os moradores de Luzimangues e Porto Nacional para ao final termos um programa de governo que atenda diretamente as pessoas. Queremos um governo que promova diretamente a melhoria na qualidade de vida das pessoas.” Disse Joaquim Maia que enumerou várias reivindicações já feitas pelos moradores do distrito, como melhoria na segurança, na iluminação pública, no transporte e na saúde. “O PV irá fazer uma administração presente em Luzimangues, vocês não se sentirão mais abandonados pelo poder público”, disse Joaquim Maia.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.