9c51d528-001b-4e43-b8b1-d79cf81061d8Educação ambiental para crianças em Porto Nacional. Foto: Divulgação

Com o intuito de promover a educação ambiental na consciência ainda das crianças, a Fundação Restaurar realiza o projeto “Dia do Meio Ambiente na Escola”, com oficinas temáticas para o público infantil. A atividade é ministrada pela engenheira florestal Daiane Silva, de Valença (BA), e teve a sua primeira edição realizada na cidade de Porto Nacional, na quarta-feira, 08, onde participaram cerca de 60 estudantes.

Com ações práticas e lúdicas como o plantio de mudas, desenhos, músicas, histórias, exibição de vídeos, brincadeiras e jogos educativos, Daiane Silva mostrou que dentre os principais problemas que afetam o meio ambiente e necessitam ser abordados, debatidos e resolvidos, destaca-se o descarte inadequado de lixo, a falta de coleta seletiva e de projetos de reciclagem, consumo exagerado de recursos naturais, desmatamento, inserção de espécies exóticas, uso de combustíveis fósseis, desperdício de água e esgotamento do solo. “Esses problemas e outros poderiam ser evitados se os governantes e a população se conscientizassem da importância do uso correto e moderado dos nossos recursos naturais”, defende a engenheira florestal.

VEJA TAMBÉM
MPE quer anulação de doação de área pública em Porto Nacional

Segundo Daiane, atualmente existe uma grande preocupação em torno do meio ambiente e dos impactos negativos da ação do homem sobre ele. “Se nada for feito, o consumo exagerado dos recursos e a perda constante de biodiversidade poderão alterar consideravelmente o modo como vivemos atualmente, comprometendo, inclusive, nossa sobrevivência”, avalia.

O objetivo é de que outras cidades do interior do Tocantins como Paraíso, Miracema e Araguaína também sejam beneficiadas com o Dia do Meio Ambiente na Escola, em datas que ainda serão definidas.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.