O Ministério Público Federal (MPF) vai investigar denúncia de que a Igreja Assembleia de Deus, em Jacumã, na cidade de Conde, Paraíba, estaria promovendo treinamento paramilitar de jovens de diferentes faixas etárias e que policiais militares do Estado da Paraíba seriam os instrutores.

De acordo com a denúncia, os treinamentos ocorrem em diferentes dias da semana e seguem um rito, como a colocação dos jovens em fila, exigindo-se a prestação de continência, o levantamento dos braços no estilo nazista e respostas às instruções de treinador, que é tratado como “Xerife”. Além disso, o treinamento inclui marchas pelas ruas e corridas, com gritos e jargões militares, gerando uma insegurança e ameaça psicológica nos moradores da cidade.

A 1ª Câmara de Coordenação e Revisão do MPF entendeu que a investigação deveria ficar a cargo do Ministério Público Estadual. No entanto, o Subprocurador-geral da República Eitel Santiago, deu parecer contra a proposta de declínio de atribuição para o MPPB.

ESCLARECIMENTO:

COORDENADOR DO EXÉRCITO DE CRISTO DA ASSEMBLEIA DE DEUS EM JACUMÃ DIZ QUE DENÚNCIA AO MPF É ORIUNDA DE INTOLERÂNCIA RELIGIOSA.

A denúncia divulgada por um site paraibano dava conta de que o Ministério Público Federal – MPF- abriria inquérito para investigar um possível treinamento de guerrilha que estaria sendo dada aos jovens da Igreja Evangélica Assembleia de Deus em Jacumã, Conde-PB. No entanto as informações passadas ao MPF e divulgadas em sites destoam da realidade.

Para o coordenador do Projeto, o corretor de imóveis Eudes Santiago, se trata de uma brutal e desumana intolerância religiosa. “Nossa igreja é perseguida através de denúncias inconsistentes a diversos órgãos fiscalizadores. Cada fiscalização recebida comprova o caráter mentiroso das denúncias, ainda assim as denúncias continuam sendo feitas na tentativa de que a igreja seja prejudicada”. Afirma Eudes. “Várias autoridades nos sugeriram a abertura de um processo contra os autores de tais denúncias, uma vez que se trata das mesmas pessoas e que o interesse em prejudicar a igreja está mais que claro, no entanto somos uma Igreja, aprendemos a abençoar até mesmo os que nos amaldiçoam”. Conclui.

O ECAD vem se destacando na comunidade de Jacumã e região por atuar, de forma complementar, na formação moral, escolar, familiar, espiritual, entre outros, de adolescentes e jovens através de atividades gratuitas.

Implantado em Jacumã há pouco mais de 1 ano o programa já atendeu a, aproximadamente, 140 famílias em sua região de atuação, e já tem uma extensão no município de Caaporã onde atendeu a mais 70 famílias, e é desenvolvido por profissionais de diversos ramos. A equipe é formada por enfermeiras, corretor de imóveis, educador físico, policial militar, gerente de TI, soldados e cabo do Exército Brasileiro, socorrista, administradora, fotógrafo, pedreiro e até donas de casa, todos voluntários. O objetivo é desafiador, manter os jovens da comunidade longe de entorpecentes, crimes e prostituição infantil no momento de maior vulnerabilidade que se dá entre os 10 e os 18 anos de idade.

O ingresso no programa se dá através do CFSd – Curso de Formação de Soldado do ECAD – com duração de 8 meses. Nesse intervalo os alunos recebem instruções de ordem unida militar, primeiros socorros, treinamento físico, orientação espiritual, além de instruções específicas trazidas por profissionais e líderes eclesiásticos. Durante a permanência no programa o jovem pode ascender a postos criados para dinamizar o projeto e estimular o desenvolvimento individual. Essas ascensões são feitas por concurso interno e até por mérito passando por cursos específicos para estes postos onde se ensina, entre outras matérias, liderança.

O reconhecimento não vem somente dos pais, que percebem mais rapidamente a mudança de comportamento de seus filhos, mas de professores e diretores, e profissionais militares, chegando a ser homenageado recentemente em um encontro da UME – União dos Militares Evangélicos da Paraíba, além de ter sido a Guarda de Honra da Corrida de Tiradentes em abril desse ano.

O ECAD – Exército de Cristo da Assembleia de Deus – é um projeto idealizado pela Assembleia de Deus em Guarabira há 13 anos, foi implantado em Jacumã onde é supervisionado diretamente pelo Pr. Luiz Derço Santiago, líder da Assembleia de Deus em Jacumã.

As informações são do Blog Lana Caprina via Paraíba Agora

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.