palmas to
Conferência das Cidades acontece em Palmas nos dia 29 e 30 de junho – Foto: Antônio Gonçalves

A Conferência da Cidade de Palmas, com o tema “A função Social da Cidade: cidades inclusivas, participantes e socialmente justas”, ocorre nos dias 29 e 30 de junho, na Escola de Tempo Integral Eurídice Ferreira de Melo, no Jardim Aureny III, com a finalidade de discutir a realidade local, seus problemas e soluções.

Constam da programação palestras sobre a função social da cidade e da propriedade, a cidade que temos, o plano diretor e a cidade que queremos.

Na ocasião, serão eleitos vinte delegados que participarão da Conferência Estadual, que por sua vez decidirão sobre os participantes da 6ª Conferência Nacional das Cidades, que acontecerá em julho de 2017.

De acordo com o secretário municipal de Desenvolvimento Sustentável e Habitação, José Messias, além dos delegados, a Conferência das Cidades vai eleger o Conselho Municipal das Cidades (Concidades), um órgão colegiado que reúne representantes do poder e da sociedade civil, de natureza, permanente, caráter deliberativo e consultivo, integrante da estrutura do Ministério das Cidades.

O Secretário destacou que a conferência é uma exigência do Ministério das Cidades que necessita acontecer. “Todas as cidades estão realizando, e para nós será mais um fórum para debater a nossa cidade. Vale lembrar que também serão eleitos os conselheiros do Conselho de Desenvolvimento Urbano de Palmas, que tem grande importância na discussão do plano diretor”, frisou Messias.

Credenciamento

Para efetuar a inscrição, cada entidade deve indicar apenas um representante, através de documento oficial, contendo assinatura do representante legal, indicando o representante de cada segmento como conferencista. Todos os inscritos terão direito a voz e voto nas propostas e discussões pertinentes à conferência, bem como podem ser votados para o cargo de delegado representante na Conferência Estadual.

Na ocasião serão eleitos 20 delegados, representando vários segmentos como; movimentos populares, sindicatos, federações, confederações, entidades empresariais, profissionais, acadêmicas, de pesquisa e governamentais.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.