IBGE,0Na próxima terça-feira, dia 21, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) começa a receber inscrições no concurso para 7.825 vagas temporárias, das quais 7.500 são para agente de pesquisas e mapeamento, destinadas a quem possui o nível médio completo. A remuneração para essa função é de R$1.708, somando vencimentos de R$1.250 e auxílio-alimentação de R$458. Os selecionados terão contratos de até três anos, sendo que o prazo mínimo é de um mês. Para inscrever-se, o candidato deverá acessar o site da Fundação Cesgranrio, até 19 de julho, e pagar, até 9 de agosto, em agências do Banco do Brasil, a taxa de R$30. Membros de família de baixa renda, inscritos no CadÚnico, poderão solicitar a isenção, também na página eletrônica da organizadora, durante todo o prazo para cadastros.

O resultado preliminar desses pedidos será divulgado em 26 de julho, cabendo recursos nos dias 27 e 28. O resultado definitivo das solicitações está previsto para ser liberado no dia 4 de agosto. Das 7.500 vagas de agente de pesquisas e mapeamento, distribuídas por todo o país, as maiores reservas são para os estados de São Paulo, com 850 (292 na capital paulistana), e 713 para o Estado do Rio de Janeiro (343 delas na capital). Dentro desses quantitativos há a reserva de vagas para deficientes (5%), negros e pardos (20%). Os agentes, que terão carga de trabalho de 40 horas semanais, sendo oito diárias, visitarão domicílios, residenciais ou comerciais e de acordo com o tema pesquisado, para a coleta de dados.

Isso acontece por meio de entrevistas e questionários, para as pesquisas econômicas e sociais. Segundo o coordenador de Recursos Humanos do IBGE, Bruno Malheiros, a contratação dos selecionados ocorrerá imediatamente, logo após 3 de outubro, para quando está prevista a divulgação do resultado final e a homologação da seleção. Ainda segundo Bruno, há grandes chances de a fundação convocar excedentes durante o prazo de validade, de dois anos, podendo dobrar.

VEJA TAMBÉM
Legislativo pode isentar quem doa sangue de taxa de concurso público

Provas – A seleção dos candidatos ocorrerá por meio de prova objetiva, composta por 60 questões. A vantagem é que os concorrentes precisam estudar apenas três disciplinas: Língua Portuguesa (25 perguntas), Geografia (20) e Raciocínio Lógico (15). A avaliação está marcada para 4 de setembro, das 13h às 17h. Será aprovado quem acertar, pelo menos, 18 questões (30%), sem zerar as disciplinas.
Publicidade

O IBGE também oferece 325 vagas temporárias para agente de pesquisa por telefone e supervisor de pesquisas, todas para atuação na cidade do Rio de Janeiro, mais precisamente na Rua Equador, no Santo Cristo, próximo à Rodoviária. Os selecionados também serão contratados por até três anos, sendo o prazo mínimo um mês, e terão ganhos de até R$5.058. Há direito ainda a auxílio-transporte, variável, auxílio-alimentação de R$458 (já incluído na remuneração), 13º salário e férias. Segundo o coordenador de Recursos Humanos, Bruno Malheiros, esses contratados terão direito também a recolhimento do INSS.

Para agente de pesquisa por telefone (300 vagas), a exigência é o nível médio e experiência em teleatendimento/telemarketing ativo (um ano) ou receptivo (cinco anos). Esses agentes, acostumados com a área de telemarketing, terão ainda a vantagem de não trabalharem com a pressão por produtividade de venda, tradicional do setor. Para o supervisor (25), o requisito é o curso superior. As áreas Geral, Gestão e Suporte Gerencial, que, no total, contam com 24 vagas, são destinadas a quem possui qualquer graduação. Uma chance é para Tecnologia da Informação (formados em Engenharias de Sistemas ou de Computação, Informática, Ciência da Computação, Análise de Sistemas, Sistemas de Informação, Processamento de Dados, Análise de Tecnologia da Informação ou Ciências Exatas).

VEJA TAMBÉM
Correios abre Processo Seletivo com mais de 3 mil vagas para Jovens Aprendizes

O trabalho será direcionado às pesquisas econômicas e sociais do IBGE. Os agentes atuarão por apenas seis horas diárias, sendo que 150 atuarão das 7h às 13h, e os demais, das 13h às 19h. Os supervisores, por sua vez, cumprirão oito horas diárias, no período de 7h às 19h. Os interessados deverão fazer a inscrição no site da Fundação Cesgranrio, organizadora, a partir desta terça-feira, dia 21. O prazo para cadastros seguirá até 19 de julho, e a taxa, paga no Banco do Brasil, é de R$22 para agente e de R$100 para o supervisor. Os membros de família de baixa renda, inscritos no CadÚnico, poderão pedir a isenção, no site da organizadora, durante todo o prazo de cadastros. Há reserva de vagas para deficientes (5%), negros e pardos (20%). Os candidatos serão avaliados somente por meio de prova objetiva, marcada para 4 de setembro, das 13h às 17h.

Serão propostas 60 questões. Os agentes responderão 30 itens de Português, 20 de Conhecimentos Gerais e dez de Raciocínio Lógico. Já os supervisores serão submetidos a 20 perguntas de Português, 25 de Conhecimentos Específicos e 15 de Noções de Administração/Situações Gerenciais. Para ser aprovado, o concorrente precisará acertar 18 questões (30%), sem zerar as disciplinas.

Serviço
Inscrições: www.cesgranrio.org.br

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.