Para Amastha a campanha de 2016 será semelhante a de 2012 no que diz respeito às parcerias.
Para Amastha a campanha de 2016 será semelhante a de 2012 no que diz respeito às parcerias.

O Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) oficializou na noite desta sexta-feira, 17, sua adesão à campanha de reeleição do prefeito de Palmas, Carlos Amastha. De acordo com o presidente metropolitano da legenda, Ricardo Abalém, o partido que não tem candidato a prefeito, se reuniu na última segunda-feira, 13, para avaliar qual pré-candidato apoiariam.

“Estamos aqui não só para trilhar uma campanha, mas para ajudar no que puder ajudar, dentro no nosso quadro a gestão, Com muito respeito a todos os demais candidatos, amigos meus particulares, em nome da executiva do PTB, eu tenho a imensa felicidade de anunciar que o PTB está caminhando ao lado do prefeito Carlos Amastha. Vamos iniciar a caminhada do novo novamente, contando com o apoio daqueles que querem unir forças para ajudar a melhorar Palmas”, frisou em seu pronunciamento durante a reunião de adesão.

O presidente estadual do PTB, José Geraldo de Melo, endossou o desejo do partido em abraçar a proposta e contribuir com a gestão também num segundo mandato. “Não tem perfil mais apropriado para conduzir essa cidade do que o Amastha, um empresário de sucesso que poderia morar em qualquer lugar do mundo, mas que veio para Palmas, prestar sua competência, dedicar seu tempo e seu esforço. Nós estaremos nas ruas pedindo apoio para o nosso candidato Carlos Amastha, colocando também a serviço dessa campanha toda a nossa capacidade de interação com as pessoas e de entendimento das coisas importantes que a gente deve discutir e levar de contribuição”, reiterou José Geraldo.

VEJA TAMBÉM
Na tribuna, Júnior Geo questiona contrato de R$ 13 milhões de aerolevantamento da capital

amastha-ptbDurante a reunião, o prefeito Carlos Amastha falou dos desafios encontrados ao longo desses quatro anos de gestão como a aplicabilidade da justiça fiscal. “Com a cobrança do IPTU Progressivo obrigamos os grandes detentores de áreas a incorporar, a dar uma função social a sua propriedade. Em 2012 eram 6.200 imóveis isentos de pagar o IPTU hoje são 19.200. Quem tem pouco paga pouco, quem não tem não paga nada e quem tem muito tem que pagar e pagar o preço justo. Antes queriam expandir o plano diretor porque não encontravam lotes para vender, hoje há lotes, e no centro, porque os proprietários estão entendendo que precisam incorporar”, ressaltou.

Para Amastha a campanha de 2016 será semelhante a de 2012 no que diz respeito às parcerias. “Vamos manter a mesma linha, os mesmos princípios e PTB se encaixa perfeitamente dentro desse raciocínio. Vamos nos aproximar daquelas pessoas que a gente enxergar um verdadeiro espírito de política de gestão pública, de companheirismo, de a gente poder avançar em cima do projeto, fortalecendo o grupo”, disse Amastha parabenizando o partido pela forma como conduziu o processo de adesão. “É isso que nos traz a alegria de dizer que continuar na política vale à pena, tem gente de bem, tem gente preparada para conduzir essa cidade e sem dúvida o PTB significa fortaleza pra esse processo de gestão”, finalizou.

VEJA TAMBÉM
Em audiência com Temer, Amastha e diretoria da FNP reivindicam maior participação dos municípios

Estavam presentes na reunião, além dos presidentes estadual José Geraldo e metropolitano Ricardo Abalém; os vereadores Etinho Nordeste, Jucelino Rodrigues, Felício Costa e Hiram Gomes; o secretário municipal de Governo e Relações Político-Sociais, Adir Gentil; o presidente do Sindicato Rural de Palmas, Antônio Jorge; além de pré-candidatos a vereadores.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.