Após ataques, Ana Paula Valadão anuncia saída das redes sociais
Após ataques, Ana Paula Valadão anuncia saída das redes sociais

Nesta sexta-feira (24) a pastora e cantora Ana Paula Valadão voltou a ser notícia na imprensa, dessa vez por tirar fotos do enterro de sua avó, Theonilda, que faleceu nesta semana.

Ao noticiar a morte e postar várias fotos, inclusive uma de suas mãos tocando as de sua avó no caixão, a líder do Diante do Trono foi duramente criticada e, por este motivo, resolveu deixar as redes sociais.

Os ataques a ela acontecem desde o dia que ela resolveu se colocar contra a ideologia de gênero, sugerindo o boicote à marca de roupas C&A.

Ativistas pró-LGBT e simpatizantes se posicionaram a atacá-la todos os dias, postando mensagens ofensivas e se colocando contra tudo que ela postava.

Por diversas vezes Ana Paula escreveu que orava por quem a odiava e se comprometeu a não deixar de pregar o verdadeiro evangelho.

“Eu prefiro ter pessoas me odiando com o entendimento de que eu tentei salvá-las”, escreveu ela traduzindo uma frase do cantor Keith Green.

Mas dessa vez a pastora da Igreja Batista da Lagoinha achou por bem deixar as redes sociais, excluindo sua página oficial do Facebook que continham mais de 3 milhões de seguidores.

VEJA TAMBÉM
Ana Paula Valadão é alvo de “vomitaço” na internet

Post de saída

No Instagram, encontramos a seguinte mensagem em uma foto: “Meus posts pessoais eram um modo de compartilhar meu coração com vocês. Obrigada aos que sempre leram com carinho. Porém, a partir de agora para notícias de nosso ministério acompanhe os perfis do DTOficial”.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.