O governador Marcelo Miranda destacou que as melhorias vão garantir mais qualidade aos serviços da saúde - Elizeu Oliveira / Governo do Tocantins
O governador Marcelo Miranda destacou que as melhorias vão garantir mais qualidade aos serviços da saúde – Elizeu Oliveira / Governo do Tocantins

O Hospital Regional Público de Porto Nacional (HRPPN), ganhou na manhã desta terça-feira, 5, mais 26 leitos e melhorias na sala de enfermaria, sala de emergência e observação. Além de ampliar a capacidade, humanizar o atendimento e melhorar as condições de trabalho dos profissionais do Hospital, os novos leitos vão beneficiar mais de 108 mil habitantes da Região de Saúde Amor Perfeito, que compreende 13 municípios.

O governador Marcelo Miranda destacou que as melhorias vão garantir mais qualidade aos serviços da saúde e que essa ação é um passo importante para desafogar as emergências do Hospital Geral de Palmas. “O Hospital Regional de Porto realiza em média 3.050 atendimentos por mês. Agora, com esses novos leitos, vamos ampliar a realização de cirurgias, atender mais pacientes, criando um reordenamento do Sistema de Saúde no Tocantins’’, ressaltou.

Marcelo Miranda frisou que, mesmo em um momento de crise em que se discute a necessidade de mais investimentos na saúde, o Governo não tem medido esforços para melhorar ainda mais os hospitais estaduais para população que mais precisa. “Nossa gestão prioriza atitude e atenção humanizadas na saúde. Hoje, saímos daqui com a certeza de que daremos uma melhor qualidade aos serviços, buscando o máximo possível para que as pessoas possam ter uma recuperação pronta, imediata e digna”, finalizou.

O secretário de Estado da Saúde, Marcos Musafir, disse que o resultado alcançado em Porto Nacional é fruto do esforço e das políticas públicas adotadas pelo governador Marcelo Miranda, que decidiu encarar a questão da saúde como prioridade. “A partir de hoje, vamos atender a demanda crescente da população e das patologias e conseguir colocar em prática novos projetos como vídeo cirurgia, espaço para o mutirão de ortopedia entre outros procedimentos”, pontuou.

VEJA TAMBÉM
Marcelo Miranda participa do Fórum Brasil Central em Campo Grande

Ampliação

O Hospital Regional de Porto Nacional faz parte da lista de hospitais estratégicos que o Governo do Tocantins está ampliando e reformando em todo o Estado. Segundo a diretora-geral da unidade, Leonilda Martins, com a ampliação, o crescimento físico da unidade deve representar um aumento de 30% nos atendimentos.

Com a entrega dos 26 leitos, o HRPPN passará a ter 101 leitos que recebem pacientes das seguintes especialidades: cirurgia geral, ortopedia, bucomaxilo facial, cirurgias ginecológicas eletivas, cabeça e pescoço e clínica médica. A nova ala é totalmente equipada e conta com posto de enfermagem.  “O Governo do Estado está cumprindo aquilo que foi estabelecido em várias reuniões realizadas aqui e, desta forma, consolidando um compromisso com a população”, declarou Leonilda.

A dona de casa Gecilene Matos, que está internada no hospital, elogiou os profissionais da unidade pelo atendimento recebido e parabenizou o governo pelos novos leitos. “Desde que cheguei aqui, o atendimento tem sido primordial para minha recuperação. Fico aliviada ao saber que, hoje, o HRPN recebe novos leitos. Já é possível perceber a mudança no hospital com essa notícia”, finalizou.

Parcerias

O recurso para a ampliação do Hospital é resultado de uma parceria do Executivo Estadual com o Instituto Tocantinense Presidente Antônio Carlos (Itpac). A secretária municipal de Saúde, Cristiane Monteiro, enfatizou a importância de parcerias que geram resultados. “Com o esforço conjunto dos governos e do Instituto, o hospital vai passar por importantes mudanças, e esta nova fase será essencial para garantir melhorias nos serviços e no atendimento.  Além disso, tudo foi pensado de maneira que as condições de trabalho e de atendimento à população sejam melhoradas”, ressaltou.

Referência

O Hospital Regional Público de Porto Nacional é um dos cinco maiores hospitais públicos do Estado, além de ser referência para atendimento de urgência e emergência em Porto e nos 13 municípios da região.

VEJA TAMBÉM
Na AL, Paulo Mourão cobra atitude do Governo e diz que a saúde se encontra em abismo

A unidade dispõe de atendimentos clínicos multiprofissionais que atendem em diversos setores existentes na unidade, entre os quais, clínica médica, clínica cirúrgica, bucomaxilo, ortopedia, nutrição, psicologia, terapeuta ocupacional, enfermagem, assistência social, farmacêuticos, técnico de segurança do trabalho.

O hospital dispõe de um centro cirúrgico, contendo quatro salas em funcionamento e uma de pós-anestésico. Possui também aparelhos de RX, ultra-sonografia, laboratório, ambulatório de serviço da ortopedia, Serviço de Reabilitação (SER), uma ala específica de geriatria destinada a pacientes idosos, refeitório, dentre outros setores administrativos.  O hospital conta ainda com um setor de vigilância epidemiológica e uma comissão de controle de infecção hospitalar.

Visita ao Tia Dedé

O governador Marcelo Miranda também conheceu as adequações realizadas na Maternidade Tia Dedé, possibilitando melhorias no atendimento, a exemplo da implantação do Posto de Banco de Leite Humano e do Jardim Terapêutico. Para o governador, pequenas atitudes podem se transformar em grandes projetos para auxiliar o trabalho dos profissionais da saúde e principalmente da população. “Espaços simples e humanizados como esses servem para acolher as mães e principalmente para salvar vidas”, finalizou.

O Hospital e Maternidade Tia Dedé é uma unidade de urgência e emergência, com pronto-socorro infantil. A unidade também colabora para o planejamento familiar no controle de natalidade, por meio de métodos contraceptivos e esterilização voluntária, além de oferecer serviços de internação, com a capacidade instalada de 50 leitos.

Municípios Beneficiados

São beneficiados pelo HRPPN, os moradores da Região de Saúde Amor Perfeito, composta pelos municípios de Porto Nacional, Brejinho de Nazaré, Chapada da Natividade, Fátima, Ipueiras, Mateiros, Monte do Carmo, Natividade, Oliveira de Fátima, Pindorama, Ponte Alta do Tocantins, Santa Rosa e Silvanópolis.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.