Um grupo dentro das Forças Armadas da Turquia afirma ter tomado o governo do país. Uma declaração de um grupo militar transmitida pela emissora turca NTV diz que “o poder do país foi totalmente tomado”.

Forças de segurança foram chamadas para “fazer o que for necessário”, disse o primeiro-ministro Binali Yildirim nesta sexta-feira. “Algumas pessoas empreenderam uma ação ilegal fora da linha de comando”, disse Yildirim em comentários transmitidos pela turca NTV, acrescentando que os responsáveis serão punidos. “O governo eleito pelo povo continua no comando. Este governo só vai partir quando as pessoas quiserem isso.”

A rede CNN reportou que o presidente Recep Tayyip Erdogan está em um local “seguro”, mas não deu detalhes.

O tráfego em importantes pontes de Istambul foi bloqueado e tanques de guerra podem ser vistos nas ruas. O aeroporto da cidade foi fechado e todos os voos, cancelados.

Caças sobrevoam a capital Ancara, onde trocas de tiros foram reportadas por testemunhas.

VEJA TAMBÉM
Cristãos, precisamos falar sobre golpe

(Com Reuters)

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.