Da Redação JM Notícia

Noticiamos na manhã desta segunda-feira, 18, uma denúncia do blogueiro Gutierres Fernandes Siqueira, do blog Teologia Pentecostal, que informou sobre um levante feito por parte de alguns pastores da Assembleia de Deus contra a presença do pastor presbiteriano Augustus Nicodemus em um evento realizado pela CPAD MegaStore, no Rio de Janeiro (RJ), hoje (18) às 17:30.

Segundo Gutierres, “poucos pastores influentes da Assembleia de Deus estão se mobilizando para impedir” que acontece hoje e tem como temática a chamada “renovação apostólica”.

Leia também: 

A notícia que polemizou o meio ministerial e teológico de ambas as denominações envolvidas desde a publicação do blogueiro também ganhou repercussão ainda maior hoje, dia do evento, sobre a realização ou não deste.

Cancelado

O JM Notícia tentou entrar em contato durante toda a manhã com o número informado para contato sobre o evento para confirmar a realização do evento – não conseguimos.

Screenshot (4)
Blogueiro confirmou no início da tarde que o evento não tinha sido cancelado. Foto: Reprodução/Facebook

Porém, o próprio blogueiro também postou em seu perfil no facebook que o evento seria realizado normalmente, fato este que adicionamos na matéria postada.

Entretanto, O JM Notícia conseguiu falar agora a pouco com os responsáveis sobre o evento e foi informado que este foi cancelado e a CPAD iria informar oficialmente em sua página oficial no Facebook até o fim da tarde.

Screenshot
Post publicado pela editora informando o cancelamento do evento

Entenda

Segundo Gutierres, “poucos pastores influentes da Assembleia de Deus estão se mobilizando para impedir” que acontece hoje e tem como temática a chamada “renovação apostólica”.
Inquisidores
Para o blogueiro, e a maioria dos internautas que comentaram seu post, tal postura é “mesquinha, intolerante e sectarista“. Gutierres, que é assembleiano, frisa que Nicodemus não falará sobre soteriologia ou pneumatologia, que é o ponto principal das divergências teológicas que inflamam as discussões entre assembleianos e presbiterianos (respectivamente, na maioria das vezes, arminianos e calvinistas).
O JM Notícia publicou no início deste ano uma matéria sobre uma nobre ação de líderes evangélicos que emitiram Nota contra “guerra” teológica entre Calvinistas e Arminianos.
Mobilizações erradas
Eu gostaria de ver, isso sim, a mobilização dessa liderança poderosa contra os modismos neopentecostais em nosso meio. Há inúmeros pregadores e pastores da denominação que, em graus diversos, pregam a maldita teologia da prosperidade, a confissão positiva, a bênção de Toronto, o triunfalismo, o semipelagianismo, o curandeirismo, o mercantilismo da fé, o autoritarismo eclesiástico, o G12, etc. e diante desses lobos não há nenhuma campanha?” critica.
Gutierres encerra dizendo que “esse sectarismo em nada nos ajudará“.
Concordamos!
O JM Notícia tentou, várias vezes nesta manhã, entrar em contato com a CPAD pelo número de contato colocado no banner do evento, mas não obtivemos sucesso.
ATUALIZAÇÃO: O evento será realizado normalmente.
evento
Palestra marcada para hoje, 18, foi critica por pastores assembleianos.

 

VEJA TAMBÉM
Pastor dispara críticas contra a CPAD: "abriu suas portas para predestinacionistas, cessacionistas e universalistas"
Veja na íntegra a denuncia:
Alguns poucos pastores influentes da Assembleia de Deus estão se mobilizando para impedir, pasmem, uma palestra do teólogo Augustus Nicodemus Lopes na loja da CPAD MegaStore, no Rio de Janeiro (RJ), que acontecerá ou não amanhã (espero que a direção da Casa não ceda à pressão). O tema da palestra, inclusive, é sobre a chamada “renovação apostólica”. Isso mesmo que você leu: é uma mobilização contra uma palestra! Tal postura faria corar de vergonha até mesmo o prefeito mais intransigente que Congregação para a Doutrina da Fé do Vaticano já teve.
 
Na visão dessa turba de inquisidores a mobilização visa preservar a Assembleia de Deus do calvinismo. Eu fico espantado com essa postura mesquinha, intolerante e sectarista, já que o referido teólogo não falará sobre soteriologia ou pneumatologia. Eu discordo do Nicodemus em muitos pontos, inclusive em aspectos soteriológicos e pneumatológicos, mas jamais deixaria de convidá-lo a um evento que tratasse de tema alheio à confessionalidade da denominação, logo porque ele é um estudioso ortodoxo das Escrituras. Eu sempre defendi e defenderei o intercâmbio saudável entre as diversas confissões do protestantismo.
Eu gostaria de ver, isso sim, a mobilização dessa liderança poderosa contra os modismos neopentecostais em nosso meio. Há inúmeros pregadores e pastores da denominação que, em graus diversos, pregam a maldita teologia da prosperidade, a confissão positiva, a bênção de Toronto, o triunfalismo, o semipelagianismo, o curandeirismo, o mercantilismo da fé, o autoritarismo eclesiástico, o G12, etc. e diante desses lobos não há nenhuma campanha? Aí, depois disso, seria coerente se preocupar com o calvinismo e outros temas secundários. Sou arminiano também e como arminiano sei quais são as reais prioridadesdoutrinárias da igreja.
Esse sectarismo em nada nos ajudará. E outra: eu não levo a sério gente que se diz preocupada com a confessionalidade da denominação e nunca levantou uma palavra contra o Congresso de Camboriú ou nunca se mobilizou contra, por exemplo, a teologia triunfalista da musicalidade assembleiana. E pior: ainda não deu nenhum pio a respeito do crescente número de professores liberais nos seminários da denominação.
A situação toda beira ao ridículo.

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.
  • Silvana Oliveira E Silva

    Espero que o evento seja realizado. Por que é simplesmente ridículo o cancelamento por motivos de inquisição assembleana.
    Qual vai ser a próxima? Queimar os livros na fogueira?
    E nem calvinista eu sou hein….

  • Igor Vasconcellos Sobrinho

    Se você se identifica com os conceitos da Teologia Reformada e do Calvinismo, tenho uma palavrinha pra ti.
    Muitos irmãos com essas convicções ainda estão presos nas denominações com credos arminianos, dispensacionalistas, pentecostais, neopentecostais, liberais, etc. Fui um desses, mas não suportei: já faz um mês que estou frequentando a IPB. Não adianta querer reformar a igreja, querer mudar a cabeça de um ou de outro, isso irá acontecer no mais raro dos casos. Não podemos nos acomodar. Não podemos aceitar ou tolerar a convivência com um meio poluído de erros e heresias. Você reformado, não se acomode em outra igreja, mas, não se incomode ou se perturbe tentando reformá-la.
    É mais fácil, lucrativo e seguro um refugiado sírio imigrar para a Europa do que buscar unir forças para derrotar o Estado Islâmico.
    Como refugiados, devemos correr para essas igrejas reformadas, que adotam uma postura mais próxima de uma interpretação perfeita
    das Escrituras. Corram, saiam dessas igrejas, corram e levem tantos quantos puderem com você. Saia correndo e leve o máximo de pessoas que você puder levar. Vá para essa igreja e chore, sente no banco, deixe que Deus trabalhe em você. Não se desgaste nem se precipite, deixe Deus te moldar. Saia. Não importa o quão difícil seja. Choque. Choque os membros, os familiares, os amigos, os conhecidos e os líderes. Choque o máximo de pessoas que você puder com sua mudança, assim você poderá arrastar esses indivíduos para os bolsões congregacionais em que a Teologia Reformada é aceito.

    Oro para que Deus encha as igrejas reformadas confessionais. Oro para que Deus promova um verdadeiramente avassaladora avivamento reformado. Oro para que possamos nos voltar completamente ao ensinamentos escriturísticos, em todos os âmbitos. Junte-se àqueles que estão fazendo a diferença.

    #LoteUmaIgrejaReformada

  • Éder Franco

    Pentecostais fazendo “pentecostalisses”.

  • Sandra

    Quem é alicerçado na fé, não se sente ameaçado ou intimidado por nenhum outra doutrina que seja contrária a sua.
    Foi exatamente isso que a CPAD revelou. Que muitos, ainda não estão convictos do que dizem crer.
    Eu creio que no fundo sabiam que quando o Rev. Augustus Nicodemus abordassem certas apostasias, a visão de muitos seriam abertas, e com isso muitos voltariam à verdade genuina dos Evangelhos.
    Fazer o que…
    rsrsrs.